|
  • Bitcoin 108.350
  • Dólar 5,2512
  • Euro 5,5304
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 04/06/2022, 22:37

Corinthians supera desfalques, bate Atlético-GO e vira líder do Brasileiro

PUBLICAÇÃO
sábado, 04 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Corinthians dormirá como líder do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (4), o time paulista bateu o Atlético-GO por 1 a 0 no Antônio Accioly, em Goiânia, chegou aos 18 pontos e está na ponta da tabela. O gol alvinegro foi marcado por Gustavo Mantuan. O Dragão está em 19º lugar, com 7 pontos.

O próximo jogo do Atlético-GO será diante do Avaí, também em casa, na próxima quarta (8), às 20h30. Já o Corinthians enfrenta o Cuiabá, às 21h30 (de Brasília), na terça (7), na Arena Pantanal, ambos jogos pelo Brasileirão.

O Atlético-GO não fez uma má partida e, por vezes, até dominou o jogo. Contudo, quando criou as chances, faltou qualidade para colocar a bola na rede. Mesmo atrás do placar, a equipe buscou alternativas, mas acabava parando em Cássio ou via as finalizações irem para longe do gol.

Vitor Pereira tinha seis desfalques para a partida deste sábado e mandou a campo uma equipe bem modificada. Até pela falta de entrosamento, o Corinthianas oscilou dentro do campo, mas se portou bem na maior parte do jogo. No fim das contas, conquistou os três pontos e 'dorme' como líder do Brasileirão.

Nos primeiros minutos da partida, os times se estudaram, sem criar muitas chances. O Corinthians buscava ter mais a posse de bola, pressionava com mais intensidade no campo ofensivo, mas nenhuma grande oportunidade de gol foi criada.

Numa das raras saídas ao ataque do Dragão, Churín levantou bola na área e Jorginho entrou livre para cabecear. Bruno Arleu chegou a confirmar o gol, mas após checagem do VAR, foi marcado impedimento milimétrico de Jorginho e o jogo seguiu 0 a 0.

O gol anulado deu ânimo aos donos da casa. Depois do impedimento marcado, foram os donos da casa que tiveram mais a bola no ataque. Jorginho teve outra oportunidade, mas parou em defesa de Cássio. Wellington Rato e Baralhas também perderam chances de abrir o placar.

Corinthians via seu adversário crescer dentro do campo, mas sem conseguir agredir. Aos 33 minutos, Du Queiroz conseguiu fazer boa jogada e tocou para Lucas Piton. O lateral levantou na área e Mantuan subiu sozinho para cabecear e abrir o placar para o Timão.

Depois de abrir o placar, o Corinthians voltou a ter mais presença no campo ofensivo. Com a liderança no placar, a equipe paulista teve mais paciência para trocar passes e executar as movimentações ofensivas. Além disso, o time ajustou a marcação, mas Jorginho ainda perdeu mais uma chance ao final da primeira etapa.

O recomeço da partida foi equilibrado entre as equipes. O Atlético-GO buscava o ataque para empatar o jogo, tentando acelerar o ritmo da partida. Já o Corinthians apostava nos toques curtos para sair da pressão, tentando criar suas chances a partir da circulação da bola desde o campo defensivo.

O Corinthians pressionava o Atlético-GO no campo ofensivo e foi assim que surgiu a primeira chance no segundo tempo. Após boa roubada de bola de Du Queiroz, Róger Guedes conseguiu levar a bola até a linha de fundo e chutou para defesa de Ronaldo. No rebote, Renato Augusto tocou para Giuliano, que finalizou rente à trave.

O Dragão, atrás no placar, ocupava o campo de ataque buscando achar o gol de empate. A bola circulava à frente da área e, sem espaços, o clube apostava nos cruzamentos - tanto pelo alto quanto por baixo. Contudo, a zaga do Corinthians seguia firme cortando todas as tentativas do adversário.

Com a vantagem no placar, o Corinthians adotou a estratégia de ser um time mais reativo. Dando campo ao adversário, o Timão apostava na solidez da linha defensiva para se manter vitorioso na partida. O Atlético-GO seguia com dificuldades de criar chances claras de gol, mas não deixava de ocupar o campo ofensivo. Lucas Lima, de cabeça, perdeu a melhor chance do segundo tempo.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 0 X 1 CORINTHIANS

Motivo: 9ª rodada da Série A do Brasileirão 2022

Data e horário: 4 de junho de 2022 (sábado), às 20h30 (de Brasília)

Local: estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (FIFA/RJ)

Assistentes: Thiago Henrique Neto (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)

VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões Amarelos: Jorginho, Edson Fernando, Léo Pereira (ACG); Fábio Santos, Róger Guedes (COR)

Gol: Gustavo Mantuan (COR), aos 33 minutos do primeiro tempo.

ATLÉTICO-GO

Ronaldo; Edson Fernando (Lucas Lima), Edson, Ramon, Jefferson; Baralhas (Shaylon), Marlon Freitas; Aírton (Léo Pereira), Jorginho, Wellington Rato; Churín. Técnico: Jorginho.

CORINTHIANS

Cássio; Lucas Piton (Bruno Melo), Robson, Gil e Fábio Santos; Du Queiroz, Renato Augusto (Cantillo), Giuliano; Gustavo Mantuan (Xavier), Adson (João Pedro), Róger Guedes (Felipe). Técnico: Vitor Pereira.