Vindo de oito derrotas seguidas, o Corinthians quer apenas não perder hoje do Cruzeiro, a partir das 16 horas, no Mineirão, pela Copa João Havelange. Ou, se for inevitável, perder de pouco e evitar outro vexame. Uma frase irônica do vice-presidente de futebol, Antônio Roque Citadini, resume a expectativa da equipe. Para ele, a derrota por 1 a 0 para o Inter, na quinta-feira, em Porto Alegre, já foi um avanço. ‘‘Antes tomávamos de três, agora só tomamos um, quem sabe na próxima não conseguimos empatar’’, disse o dirigente.
No desclassificado prematuramente das competições do segundo semestre reina a apatia. Como a Copa JH não tem rebaixamento, a preocupação maior é com a próxima temporada e não com o atual antepenúltimo lugar na tabela.
Contribui para esse sentimento de conformismo o fato de o adversário de hoje ser o Cruzeiro, líder da competição.
O atacante Dinei credita todo favoritismo ao time mineiro. ‘‘Nunca é fácil jogar contra o Cruzeiro. Ainda mais agora que é um dos times mais fortes do país e favorito para conquistar o título.’’ Além disso, outra vez o técnico Candinho terá desfalques. O goleiro Maurício, com problemas intestinais, não deve jogar.
Já o volante Edu, com dores no tornozelo esquerdo, e os atacantes Muller, com uma lesão no joelho direito, e Luizão, recuperando-se de uma operação no joelho esquerdo, também ficam de fora.
O Cruzeiro tenta hoje, contra o Corinthians, manter a boa retrospectiva que tem nos jogos contra times paulistas na Copa João Havelange. Até agora, foram cinco partidas, com três vitórias do Cruzeiro e dois empates. Ao todo, o time mineiro marcou dez gols e levou quatro. Depois que a equipe do técnico Luiz Felipe Scolari obteve a classificação para a próxima fase do torneio, o objetivo que todos no clube afirmam buscar é permanecer entre os quatro mais bem colocados, o que possibilitaria o confronto, na próxima fase, com um time vindo dos módulos (amarelo, verde e branco) mais fracos da JH.
Líder com 37 pontos em 20 jogos, o Cruzeiro só tem um desfalque confirmado para a partida de hoje. O atacante Oséas cumpre suspensão automática por ter levado o quinto cartão amarelo na vitória de 5 a 1 sobre a Lusa, no último sábado.
A dupla de ataque vai ser formada por Fábio Júnior e Geovanni. O restante da equipe deve ser a mesma que vem disputando os últimos jogos.