Corinthians goleia e deflagra crise no Santos19/Mar, 20:25 São Paulo, 19 (AE) - O Corinthians confirmou hoje a melhor campanha neste início de campeonato e goleou o Santos por 5 a 1, no Morumbi, deixando ameaçado o cargo do técnico Carlos Alberto Silva. A goleada foi construída no segundo tempo, quando Carlos Alberto adiantou o meio-de-campo e ofereceu espaços para o contra-ataque corintiano. Até ali, o jogo estava equilibrado. O Corinthians só conseguiu a vantagem no primeiro tempo, graças a uma desatenção da defesa santista. Aos 9 minutos, Luizão desviou uma bola que estava se perdendo pela linha de fundo. A defesa ficou olhando, enquanto Marcelinho correu para cruzar. A bola encontrou Edilson na pequena área, que só desviou para fazer 1 a 0. O placar adverso deixou o Santos nervoso. Anderson e Rincón fizeram algumas faltas violentas. Ao mesmo tempo, o Corinthians ganhou mais tranquilidade para tocar a bola. Ainda assim, o Santos perdeu uma boa chance aos 25, quando Luizão tentou desviar e acabou cabeceando na trave de Dida. Aos 39, após uma boa tabela, Dodô chutou perto do travessão. Mas o Corinthians também levou perigo. Aos 40, Ricardinho concluiu dentro da área e Carlos Germano fez uma boa defesa. Um minuto depois, Ricardinho chutou por cima. E aos 43, Marcelinho ficou sozinho na área, mas não conseguiu concluir. No segundo tempo, Carlos Alberto resolveu trocar Anderson por Robert. Com isso, o Santos ficou mais organizado do meio-de-campo para a frente, mas perdeu um pouco do poder de marcação. As primeiras investidas foram do Corinthians. Antes dos três minutos, Luizão já havia furado dentro da área e Vampeta chutado torto. A resposta do Santos veio aos 8, quando Valdir desviou na pequena área para uma grande defesa de Dida. Aos 19, Claudiomiro cabeceou por cima do gol do Corinthians. O jogo seguia equilibrado até que, aos 22, Vampeta apanhou um rebote sozinho fora da área e chutou no canto esquerdo de Carlos Germano. Com 2 a 0, o Santos se atirou de vez ao ataque e Ricardinho começou a mostrar todo o seu futebol. Aos 29, ele pegou a bola na meia-esquerda e fez um lançamento preciso para Marcelinho marcar. No minuto seguinte, Marcelinho volta a marcar. Ele concluiu uma jogada iniciada na intermediária, onde Ricardinho desceu tabelando. Aos 46, Ricardinho faz o seu. O meia pega um rebote da defesa, depois de um cruzamento de Edilson e toca no canto direito de Carlos Germano. O único gol do Santos surgiu de um escanteio, cobrado pela esquerda do ataque. Claudiomiro sobe mais que a defesa e marca de cabeça. O gol, no entanto, não diminiu a frustração dos santistas. Ficha Técnica. Corinthians 5 x 1 Santos. Gols Edilson aos 9 do 1.º tempo, Vampeta aos 22, Marcelinho aos 29 e 30, Ricardinho aos 46 e Claudiomiro aos 47 do 2.º Corinthians Dida; Daniel, Fábio Luciano, Adílson (João Carlos) e Kléber; Vampeta (Gilmar), Edu, Marcelinho (Dinei) e Ricardinho; Edílson e Luizão. Técnico Oswaldo de Oliveira. Santos Carlos Germano; Baiano, Galván, Márcio Santos e Dutra; Anderson (Robert), Claudiomiro, Rincón e Valdo; Dodô (Caio) e Valdir (David). Técnico C. Alberto Silva. Juízes Alfredo Loebeling e Sálvio Espínola Cartão amarelo F.Luciano, Adílson, Gilmar, Galván, Dutra, Anderson, Rincón e Claudiomiro. Renda Não divulgada Público Não divulgado Local Morumbi.