A 34 rodada do Campeonato Brasileiro mostrou que dificilmente o título sairá das mãos de Corinthians ou Vasco, equipes que dividem a liderança com 61 pontos - o time paulista leva vantagem no número de vitórias (18 a 17). As outras equipes que figuram na parte de cima da tabela terão que se contentar em brigar por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores da América.
De acordo com o matemático Tristão Garcia, do site infobola, o Corinthians, que passou pelo Atlético-PR na rodada do final de semana, aparece com 50% de chances de ser campeão brasileiro. Já o Vasco, que obteve uma grande vitória diante do rival Botafogo nesse domingo, está com 43% - na semana anterior suas chances não passavam dos 30%.
''A gente mantém essa pressão no Corinthians, eles têm uma partida difícil fora de casa (diante do Ceará) e a gente tem que continuar a fazer a nossa parte. Acho que a disputa com o Corinthians vai até o final. E o campeonato vai ser definido por um detalhe'', afirmou o goleiro e capitão vascaíno Fernando Prass.
Do lado corintiano, o atacante Emerson ressalta a importância da união do elenco na briga pelo título nacional. ''Hoje o grupo está muito fechado, a diretoria está muito presente diariamente com os jogadores e a comissão técnica. O grupo sabe que não é o melhor time do Brasil e quer buscar o título. O grupo do Corinthians hoje pode chegar pela amizade e o bom relacionamento que tem dentro do trabalho'', declarou o camisa 11.
Libertadores
Na briga pelo título brasileiro, o Corinthians já tem vaga praticamente assegurada na Libertadores, segundo Tristão - as chances são de 99%. O Vasco, por ser campeão da Copa do Brasil, já está garantido na competição sul-americana.
Os outros favoritos a ficar com uma vaga na competição são Fluminense, com 76%, e a grande surpresa do campeonato, o Figueirense, com 71%. A tabela do time catarinense, no entanto, é das mais complicadas. Pega Flamengo, no Rio de Janeiro, na próxima quinta-feira, Fluminense e Corinthians, no Orlando Scarpelli, e se despede no clássico com o rival Avaí.
Praticamente alijados da disputa do título, os rivais Botafogo e Flamengo querem ao menos se garantir na competição internacional. O matemático coloca o Alvinegro com 56% de chances, enquanto o Rubro-Negro soma 52%.
Rebaixamento
Do lado de baixo da tabela, Avaí e América-MG praticamente já carimbaram passagem com destino à Série B. Tristão Garcia entende que eles têm 99% de chances, cada, de jogar a Segundona em 2012.
Quem também terá dificuldades para permanecer na elite é o Atlético-PR, que após a derrota para o Corinthians viu seu risco bater nos 86%. Surpreendido pelos reservas do Santos, o Ceará se complicou e passou a ter 77% de chances de cair.
Dentre os cinco últimos, quem se deu melhor foi o Cruzeiro, que deixou a zona de rebaixamento e ficou com apenas 28% de chances de ser rebaixado. ''Temos que ter os pés no chão e aproveitar para descansar, pois teremos outra batalha contra o Avaí. Não tem jogo fácil, já vimos no campeonato que o líder tem dificuldade para enfrentar qualquer equipe. Esperamos conseguir mais uma vitória na quarta-feira'', projetou o camisa 1 da Raposa, Fábio.

Imagem ilustrativa da imagem Corinthians e Vasco polarizam disputa