Faltando duas rodadas para o final do Brasileirão, apenas três clubes ainda podem ser campeões. Corinthians, com 67 pontos, está com uma mão na taça, mas Vasco e Fluminense ainda tentam tomá-la. A matemática, porém, pende para o lado corintiano.
De acordo com o matemático Tristão Garcia, do Infobola, o Timão tem 79% de chances de ser campeão, o que pode acontecer já na próxima rodada caso vença o Figueirense e Fluminense e Vasco empatem o clássico que jogarão.
Já o Vasco tem 65 pontos e duas vitórias a menos que o rival paulista. Por isso, precisa terminar o campeonato à frente no número de pontos. Caso empatem, o título vai para o Parque São Jorge. Assim, as chances vascaínas são de 17% segundo o matemático. Já o Fluminense tem 62 pontos e as possibilidades de conquistar o bicampeonato são mais modestas: apenas 4%.
As três equipes estão garantidas na próxima Taça Libertadores da América. Como o Vasco entra como campeão da Copa do Brasil, há mais três vagas em jogo ainda no Brasileirão. Internacional, Figueirense e Flamengo dependem só de suas próprias forças. Ganhando seus dois jogos carimbam o passaporte. Porém, há um confronto direto entre eles. Na próxima rodada, Inter e Flamengo se enfrentam.
Já o São Paulo tem a situação mais complicada, já que terá dois clássicos pela frente, contra Palmeiras e Santos. Além de ter de vencê-los, precisa torcer por um tropeço do Figueirense. Botafogo e Coritiba são os outros dois times com chances de chegar à competição continental.
Na parte de baixo da tabela, são quatro times brigando por duas vagas na Série B de 2012. Avaí e América-MG já carimbaram a passagem de volta. O Atlético Paranaense soma 38 pontos e é o 18º colocado. O Furacão tem 85% de chances de cair. Com o mesmo número de pontos e uma vitória a mais, o Ceará também corre sério risco, já que tem 76% de chances de queda, segundo Garcia. O time cearense tem um confronto direto com o Cruzeiro, em Fortaleza, na próxima rodada. Com 39 pontos, a Raposa tem 37% de probabilidade de descenso.
Dos que brigam para permanecer, o Bahia é quem está mais tranquilo, com apenas 7% de chances de cair. Os Atléticos de Minas e de Goiás também correm mínimas chances de queda.

Imagem ilustrativa da imagem Corinthians com a mão na taça