Corinthians bate o Fluminense e iguala pontuação do Palmeiras no Brasileiro


SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Numa noite em que os medalhões da equipe não tiveram boas atuações, o Corinthians conseguiu superar o Fluminense nesta quarta (13), por 1 a 0, com o um gol do jovem Gabriel Pereira, na Neo Química Arena.

Em partida pelo Campeonato Brasileiro, o meia-atacante de 20 anos, revelado no Parque São Jorge e promovido ao time principal em 2020, anotou o segundo gol dele como profissional do time alvinegro.

Com o resultado, a equipe corintiana chegou aos 40 pontos, ficou na sexta posição do Nacional e igualou a pontuação do rival Palmeiras, que está em quinto por ter mais vitórias (12 a 10).

Também evitou que o próprio Fluminense conseguisse encostar na classificação. Na nona posição, os cariocas ficam estacionados nos 33 pontos.

Além da atuação abaixo da média de algumas peças, o Corinthians também teve uma baixa importante pouco depois de a bola começar a rolar.

Logo aos 7 minutos de jogo, o time alvinegro perdeu Willian. O camisa 10 deixou o gramado com dores na coxa esquerda, chorando. Na última rodada, esse mesmo problema muscular o fez ficar fora o duelo com o Sport, quando o time alvinegro perdeu por 1 a 0.

Sem ele em campo, a equipe de Sylvinho fez novamente uma partida sem muita criatividade, em boa parte do confronto, forçando lançamentos longos, a exemplo do que já havia ocorrido contra o time de Recife.

O treinador corintiano optou por Gustavo Silva para o lugar do camisa 10. A opção só foi funcionar bem no segundo tempo, quando o camisa 19 serviu Gabriel Pereira, aos 23 minutos. O prata da casa fez um belo gol, finalizando de primeira.

Com Renato Augusto e Giuliano bem marcados e pouco inspirados, a dupla de velocistas vinha sendo a melhor opção ofensiva do Corinthians. Eles passaram boa parte do jogo invertendo de posição, à procura de espaço na defesa do Fluminense.

Enquanto isso, a equipe carioca fez suas principais investidas em contra-ataques, com Bobadilla e Luiz Henrique, dois jogadores que também tentaram explorar a velocidade. Eles esbarraram em Cássio, que fez defesas importantes e ajudou a garantir a vitória alvinegra.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo (Gabriel); Gabriel Pereira (Adson), Giuliano, Renato Augusto e Willian (Gustavo Mosquito); Roger Guedes. T.: Sylvinho

FLUMINENSE

Marcos Felipe, Samuel Xavier, Nino, David Braz e Danilo Barcelos; André, Yago Felipe (Cazares) e Nonato (Martinelli); Luiz Henrique (Arias), Caio Paulista (Abel Hernández) e Bobadilla (John Kennedy). T.: Marcão

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)

VAR: Heber Roberto Lopes (SC)

Cartões amarelos: Fagner (COR); Danilo Barcelos (FLU)

Gol: Gabriel Pereira (COR), aos 23'/2ºT

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito
Assine e navegue sem anúncios [+]

Últimas notícias

Continue lendo