|
  • Bitcoin 125.038
  • Dólar 5,1592
  • Euro 5,3259
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 13/07/2022, 13:08

Corinthians bate meta orçamentária com quase R$ 100 mi em vendas em 2022

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 13 de julho de 2022

ARTHUR SANDES
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - As recentes vendas de direitos econômicos de João Victor e Madson fizeram o Corinthians bater a meta orçamentária estipulada para este ano ainda em julho. O clube contava com pouco mais de R$ 91 milhões arrecadados em negociações de jogadores, mas já está perto dos R$ 100 milhões.

O UOL Esporte apurou que os R$ 91,54 milhões previstos no orçamento deste ano foram alcançados já na venda de João Victor ao Benfica. Sozinho, o zagueiro representa mais da metade da meta, pois rendeu 9,5 milhões de euros aos cofres do Alvinegro (R$ 50,7 milhões na cotação do dia do anúncio da transferência).

Estas previsões de arrecadação no orçamento são quase sempre conservadoras, mas as vendas já consumadas ao menos significam que o clube não tem urgência para negociar qualquer um de seus jogadores. Mesmo em 2021, por exemplo, o Corinthians fechou o ano no azul ao arrecadar apenas 17% do que previa com vendas de direitos de atletas.

Desde a venda de João Victor, o Corinthians também negociou o atacante Madson, cria da base que estava atuando na Segunda Divisão portuguesa pelo Estrela Amadora e fechou com o Moreirense, do mesmo país, por valores mantidos sob sigilo.

O clube alvinegro já havia vendido o volante Ederson à Salernitana (ITA) por R$ 27,3 milhões e o meia Gabriel Pereira ao New York City (EUA) por R$ 19,5 milhões. Ao todo, portanto, já arrecadou pelo menos R$ 97,5 milhões neste ano. O valor preciso, no entanto, só será tornado público no próximo balanço financeiro do clube, afinal, há pequenas variações dependendo da cotação das moedas estrangeiras e do modelo de pagamento estipulado nos contratos.

Ainda que a previsão orçamentária esteja cumprida neste quesito, o Corinthians não descarta seguir negociando jogadores. Léo Natel, Mateus Vital e Ramiro, por exemplo, voltaram de empréstimo nos últimos dias e ainda não têm a permanência garantida. O clube toparia vendê-los caso receba alguma boa proposta, mas, do contrário, o trio segue à disposição de Vítor Pereira. O caso de Bruno Méndez é semelhante, ainda que o zagueiro já esteja sendo útil ao treinador nos últimos jogos.

Além das vendas, o clube tem sido ativo também para contratar. Depois de Yuri Alberto, o Corinthians agora espera a viagem de Fabián Balbuena ao Brasil para acertar os últimos detalhes e fechar o contrato de empréstimo por um ano. Outro alvo é o volante argentino Fausto Vera, de 22 anos, que está no radar. E o atacante Giovane deve ser mantido em definitivo no elenco, após seu empréstimo terminar.