|
  • Bitcoin 122.708
  • Dólar 5,1137
  • Euro 5,2111
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 25/06/2022, 21:15

Corinthians alternativo fica no empate com Santos antes de enfrentar o Boca

PUBLICAÇÃO
sábado, 25 de junho de 2022

BRUNO CARVALHO
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O calendário apertado fez com que o jogo entre Corinthians e Santos neste sábado (25) fosse bem diferente ao de quarta-feira (23), quando a equipe de Vítor Pereira venceu por goleada pela Copa do Brasil. Com uma escalação alternativa, o Timão pouco conseguiu criar dentro de casa, pela 14ª rodada do Brasileirão, diante de um time que ainda tentava se recuperar do resultado do meio de semana. O empate por 0 a 0 traduziu a dificuldade dos rivais na Neo Química Arena.

Por causa do jogo contra o Boca Juniors pela Libertadores na próxima terça-feira (28), Vítor Pereira fez cinco mudanças na equipe em relação ao time que venceu o mesmo Santos na última quarta-feira (22). Além do suspenso Róger Guedes, o treinador deixou fora do time titular os laterais Fagner e Lucas Piton, o meia Giuliano e o atacante Willian.

Pressionado pela goleada sofrida, o Santos também entrou diferente na partida. O técnico Fabián Bustos fez seis mudanças no time titular, em busca de um resultado melhor pelo Brasileirão. Cumprindo suspensão, o argentino foi substituído pelo auxiliar Lucas Ochandorena.

O Corinthians volta suas atenções para a Libertadores. Na terça-feira, às 21h30 (de Brasília), a equipe recebe o Boca Juniors, na Neo Química Arena, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Libertadores. Um dia depois, o Santos visita o Deportivo Táchira-VEN, pela Copa Sul-Americana, às 21h30 (de Brasília).

JOGO

A escalação alternativa do Corinthians trouxe um cenário diferente ao de quarta-feira para a partida de hoje. Se no meio de semana, a equipe da casa precisou de apenas 28 minutos para fazer 2 a 0, agora o ritmo foi bem menos intenso sem as subidas de Fagner e Willian pelas laterais.

Diante de um adversário que sofria com a falta de entrosamento, o Santos foi quem mais incomodou na primeira etapa. A equipe visitante teve duas boas chances para abrir o placar no início do jogo, mas não aproveitou.

Aos 10 minutos, Marcos Leonardo foi lançado por Léo Baptistão e saiu frente a frente com Cássio. O camisa 9 tocou por cima, mas a bola foi para a fora, com a arbitragem anulando o lance por impedimento na sequência. Seis minutos mais tarde, Léo Baptistão foi acionado por Ângelo e chutou para a boa defesa de Cássio.

As duas alterações feitas por Vítor Pereira ainda no intervalo foram a chave para que o Corinthians começasse a controlar a partida na segunda etapa. O treinador português colocou Willian e Giuliano nas vagas de Mantuan e Du Queiroz, que deixou o duelo com dores na coxa.

A força ofensiva de Willian passou a incomodar a defesa santista, que até então não havia tido dificuldade para controlar os ataques corintianos. Logo aos 7 minutos, Willian começou a jogada, Giuliano tocou para Rafael Ramos, que abriu na esquerda para Adson. O jovem atacante devolveu no lateral português, que chutou próximo ao gol de John.

O Corinthians foi um no primeiro tempo e outro no segundo. A decisão do técnico Vítor Pereira de poupar jogadores pensando no Boca Juniors fez com que a equipe criasse pouco perigo na etapa inicial. Depois do intervalo, com as entradas de Willian e Giuliano, o Timão passou a controlar o Santos, mas sem a mesma eficiência do jogo da última quarta-feira.

Diferentemente do clássico de quarta-feira, o Santos entrou no jogo com mais energia e intensidade, e assustou duas vezes no início do jogo, com Marcos Leonardo e Léo Baptistão. Mas o ritmo do Peixe caiu após os 20 minutos, e o confronto ficou equilibrado. Na etapa final, com as entradas de Giuliano e Willian pelo Corinthians, a vida dos santistas ficou ainda mais difícil. A equipe conseguiu levar perigo apenas uma vez, após boa jogada de Ângelo, que culminou no chute para fora de Baptistão.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 X 0 SANTOS

Competição: Brasileirão, 14ª rodada

Estádio: Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Data e horário: 25 de junho de 2022 (sábado), às 19h (de Brasília)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (Fifa-SP)

Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Gustavo Rodrigues de Oliveira (SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-Fifa-SP)

Cartões amarelos: Roni (COR), Adson (COR) e Fagner (COR); Rodrigo Fernández (SAN), Ângelo (SAN) e Rwan (SAN)

CORINTHIANS

Cássio; Rafael Ramos (Fagner), Robert Renan, Raul Gustavo e Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz (Giuliano), Roni (Lucas Piton) e Adson; Felipe (Júnior Moraes) e Gustavo Mantuan (Willian). Técnico: Vítor Pereira.

SANTOS

John; Auro (Rwan), Emiliano Velázquez, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan; Rodrigo Fernández, Camacho (Sandry), Léo Baptistão (Lucas Pires); Lucas Braga, Ângelo (Bruno Oliveira) e Marcos Leonardo. Técnico: Lucas Ochandorena.