Copa das Nações Africanas é adiada para 2022 em razão do novo coronavírus


SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Copa das Nações Africanas foi adiada de 2021 para 2022 por conta da pandemia do novo coronavírus. A decisão foi anunciada pela CAF (Confederação Africana de Futebol) nesta terça-feira (30).

"A saúde é nossa prioridade número um. Devemos permanecer vigilantes", disse o presidente da CAF, Ahmad Ahmad, na coletiva de imprensa para anunciar a mudança.



O torneio estava marcado para janeiro do próximo ano, mas por razões de segurança foi adiado em um ano.

O calendário da competição é frequentemente criticado por times europeus. Nos últimos anos, o Liverpool expôs insatisfação por precisar disponibilizar Sadio Mane, do Senegal, e Mohamed Salah, do Egito, para jogarem por suas seleções. Desta vez, o time não terá essa preocupação.

Além do adiamento da edição masculina, a Copa das Nações Africanas Feminina, prevista para este ano, foi cancelada.

Já o Campeonato das Nações Africanas, que também seria disputado este ano, foi adiado para 2021. Diferentemente da Copa, o Campeonato é disputado apenas por atletas que jogam em seus países de origem.



As duas competições adiadas vão acontecer em Camarões. O país tem 15.592 infectados e 313 mortes pela Covid-19, segundo a Universidade Johns Hopkins, dos Estados Unidos.

Como você avalia o conteúdo que acabou ler?

Pouco satisfeito
Satisfeito
Muito satisfeito

Últimas notícias

Continue lendo