|
  • Bitcoin 143.015
  • Dólar 4,8598
  • Euro 5,1324
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 24/03/2022, 14:49

Conselho do Vasco se reúne para votação em 3ª das até seis etapas para SAF

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de março de 2022

BRUNO BRAZ
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Conselho Deliberativo do Vasco volta a se reunir nesta quinta-feira (24), a partir das 18h30, na terceira etapa do processo de possível implementação da Sociedade Anônima de Futebol. Desta vez a sessão extraordinária votará a alteração no estatuto para a formatação da SAF. Os conselheiros poderão participar tanto de maneira presencial como online. A Vasco TV transmitirá ao vivo.

Caso o órgão seja a favor da mudança -o que tende a acontecer— uma Assembleia Geral será convocada onde os sócios chancelarão ou não a decisão. Se a maioria dos associados aprovar este novo item estatutário, o processo poderá ter até mais duas etapas, sendo uma já obrigatório.

Com o resulto positivo, o Conselho Deliberativo obrigatoriamente terá que se reunir novamente, desta vez para votar a criação da SAF em si e a consequente venda de 70% dela para a 777 Partners, empresa que já assinou um memorando de entendimento com o clube.

Caso a maioria dos conselheiros aprovem a venda, os sócios voltam as urnas para dar o parecer final sobre a transferência dos ativos do futebol ou não para os americanos, que estiveram no Rio de Janeiro na semana passada conhecendo as instalações do Vasco.

Anteriormente a reunião de desta quinta-feira, o Conselho Deliberativo já havia aprovado o empréstimo-ponte da 777 Partners de R$ 70 milhões e também os ritos a serem seguidos pelo órgão para a possível formatação da SAF.

Uma vez com a Sociedade Anônima de Futebol concretizada, a empresa norte-americana desembolsará no ato mais R$ 120 milhões do total de R$ 700 milhões prometidos nos próximos três anos.

Com os R$ 70 milhões de empréstimo-ponte já recebidos, o Vasco ficou em dia com os salários, pagou fornecedores e quitou os acordos com o Governo Federal. Parte da verba também poderá ser usada para aquisição de reforços visando a Série B.