|
  • Bitcoin 125.560
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 30/07/2022, 22:47

Com um de Vidal, Flamengo faz 4 gols no 1º tempo e atropela o Atlético-GO

PUBLICAÇÃO
sábado, 30 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Flamengo goleou o Atlético-GO por 4 a 1 na noite deste sábado (30), no Maracanã, pela 20º rodada do Campeonato Brasileiro, que abre o segundo turno. Os gols da vitória foram feitos por Lázaro, Marinho, Vidal (que marcou pela primeira vez com a camisa rubro-negra) e Victor Hugo, todos no primeiro tempo. Wellington Rato descontou para o Dragão.

O técnico Dorival Júnior escalou apenas reservas, à exceção do goleiro Santos, no jogo que marcou a primeira chance de Vidal e Everton Cebolinha como titulares. O time alternativo demonstrou muito entrosamento, não teve dificuldade para dominar o Dragão e marcou os três primeiros gols num intervalo de 11 minutos, para alegria dos mais de 64 mil torcedores presentes no estádio.

Com a vitória expressiva, o Flamengo dorme na quarta colocação do Brasileirão, com 33 pontos. Já o Atlético-GO permanece em 18º, com 17, mas pode terminar a rodada até mesmo na lanterna, dependendo dos resultados dos jogos de Juventude e Fortaleza, os dois últimos neste momento.

Na próxima rodada, o Fla joga no próximo sábado (6), às 20h30, quando visita o São Paulo, no Morumbi. No mesmo dia, mas às 19h, o Atlético-GO recebe o Red Bull Bragantino, no estádio Antônio Accioly.

Antes, porém, as duas equipes voltam a focar nas competições continentais. Pelas ida das quartas de final da Libertadores, o Flamengo encara o Corinthians, na terça (2), às 21h30, na Neo Química Arena. Pela mesma fase, mas da Copa Sul-Americana, o Dragão visita o Nacional, no Uruguai, também na terça (2), mas às 19h15.

VIDAL FAZ O PRIMEIRO PELO FLA

Aos 32 minutos do primeiro tempo, o chileno converteu pênalti sofrido por Marinho e fez o terceiro do Fla na partida. Todos os jogadores foram comemorar à beira do gramado com o volante, e a torcida flamenguista fez muita festa nas arquibancadas. Em entrevista ao Premiere no intervalo, Vidal se derreteu pelo Rubro-Negro.

FOI BEM: VITOR HUGO

Cada vez mais à vontade entre os profissionais do Flamengo, o meio-campista de 18 anos teve mais uma atuação de jogador grande na goleada rubro-negra. Deu a assistência para o primeiro gol, participou da jogada do segundo e marcou o quarto. Partidaça do garoto.

FOI MAL: EVERTON CEBOLINHA

Titular pela primeira vez, o atacante não conseguiu se destacar apesar do imenso poderio ofensivo mostrado pelo Flamengo na partida. Ficou preso na frágil marcação do Atlético-GO, apesar de ter tentado alguns lances individuais no segundo tempo.

CRONOLOGIA

Um verdadeiro atropelo. Assim pode ser definida a atuação do Flamengo no primeiro tempo. Lázaro abriu o placar aos 22, e Marinho já ampliou no minuto seguinte. Pouco tempo depois, aos 32, a festa que a torcida rubro-negra já fazia no Maracanã ficou ainda maior com o gol de Vidal, de penalti, o terceiro da noite e o primeiro do chileno pelo clube. Victor Hugo, em mais uma atuação de destaque, fez o quarto nos minutos finais e completou o baile do Fla na etapa inicial.

O Flamengo seguiu com postura ofensiva no segundo tempo, mas não conseguiu aumentar o placar. Pelo contrário, viu o Atlético-GO diminuir com Wellington Rato, aos 36.

O JOGO DO FLAMENGO

A sintonia entre jogadores e Dorival Júnior segue cada vez mais promissora. Até mesmo um time repleto de reservas, apesar de nomes como Vidal e Everton Cebolinha em campo, não teve a menor dificuldade para golear no Maracanã. Atuação irretocável de um Flamengo que cresce no momento decisivo da temporada.

O JOGO DO ATLÉTICO-GO

O time de Jorginho não teve forças para segurar o Flamengo e mostrar qualquer tipo de reação após levar três gols em um intervalo de 11 minutos, embora tenha chegado ao gol de honra no fim com Wellington Rato. Nem de longe lembrou a equipe que venceu o Corinthians no meio da semana. Mais uma atuação desastrosa do Dragão no Brasileirão.

A FESTA DA TORCIDA

A torcida do Flamengo esgotou os ingressos, levou mais de 64 mil para a partida desta noite e deu um show no Maracanã. Dois momentos chamaram a atenção: o primeiro após o gol de Vidal, com a música "Ih, f**, Vidal apareceu!", e o segundo quando Vitinho entrou em campo no segundo tempo. Constantemente criticado, o atacante teve nome gritado pelos presentes.

REFORÇOS DO FLA

O lateral-direito Guillermo Varela e o volante Erick Pulgar estiveram no Maracanã e acompanharam a partida em um dos camarotes. Antes, estiveram no gramado durante o aquecimento da equipe. Varela ainda não foi anunciado oficialmente.

GOL DE HONRA

Numa das poucas chances em que teve na partida, o Atlético-GO conseguiu marcar aos 36 do segundo tempo, com Wellington Rato. O VAR chamou a arbitragem para checar o lance por uma suposta falta da origem da jogada, mas o árbitro confirmou o gol.

FLAMENGO

Santos; Matheuzinho (Rodinei), Fabrício Bruno, Pablo e Ayrton Lucas; Victor Hugo (Everton Ribeiro), Diego e Vidal (Thiago Maia); Everton Cebolinha, Lázaro (Vitinho) e Marinho (Gabigol). Técnico: Dorival Júnior

ATLÉTICO-GO

Ronaldo; Dudu, Wanderson, Edson Felipe (Klaus) e Jefferson; Marlon Freitas (Willian Maranhão), Gabriel Baralhas e Jorginho (Churín); Wellington Rato, Ricardinho (Airton) e Peglow (Léo Pereira). Técnico: Jorginho

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Auxiliares: Jean Márcio dos Santos (RN) e Lorival Cândido das Flores (RN)

VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Público: 59.999 pagantes (64.040 presentes)

Renda: R$ 2.470.440,25

Cartões amarelos: Ricardinho, Jorginho, Edson Felipe, Marlon Freitas, Léo Pereira, Jefferson e Willian Maranhão (ACG)

Cartão vermelho: Luiz Fernando (ACG)

Gols: Lázaro (FLA), aos 21'/1ºT (1-0), Marinho (FLA), aos 22'/1ºT (2-0), Vidal (FLA), aos 32'/1ºT (3-0), Victor Hugo (FLA), aos 49'/1ºT, e Wellington Rato (ACG), aos 37'/2ºT.