|
  • Bitcoin 122.300
  • Dólar 5,0728
  • Euro 5,2063
Londrina

Finalista

m de leitura Atualizado em 07/07/2021, 08:34

Com time operário, misto do LEC segura o Fantasma e está na final do Paranaense

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 06 de julho de 2021

Lucio Flávio Cruz - Grupo Folha
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

Mesmo com um time reserva o Londrina segurou o Operário e está na final do Campeonato Paranaense depois de sete anos. O placar de 1 a 1 nesta terça-feira (6), no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, garantiu o Tubarão na decisão, já que havia vencido a primeira partida por 1 a 0. 

Salatiel marcou o gol do LEC em Ponta Grossa e chegou a três gols no Paranaense Salatiel marcou o gol do LEC em Ponta Grossa e chegou a três gols no Paranaense
Salatiel marcou o gol do LEC em Ponta Grossa e chegou a três gols no Paranaense |  Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
 
Salatiel marcou o gol do LEC em Ponta Grossa e chegou a três gols no Paranaense Salatiel marcou o gol do LEC em Ponta Grossa e chegou a três gols no Paranaense
Salatiel marcou o gol do LEC em Ponta Grossa e chegou a três gols no Paranaense |  Foto: Ricardo Chicarelli/LEC
 

Os gols saíram no segundo tempo. Salatiel abriu o placar para o Alviceleste aos 17 minutos e Felipe Garcia empatou aos 41. O LEC espera agora o seu adversário na decisão, que sairá do confronto entre Athletico e FC Cascavel. Ainda não há datas definidas para os dois jogos desta semifinal. 

O Londrina optou por poupar os principais jogadores pensando na Série B e nem o técnico Roberto Fonseca viajou para Ponta Grossa. Apesar de ter uma equipe muito jovem, o LEC controlou bem o primeiro tempo e sofreu poucos sustos. Mesmo precisando do resultado, o Operário pouco atacou. 

O jogo melhorou no segundo tempo e foi mais aberto. O Fantasma começou pressionando, mas foi o Tubarão que abriu o placar. Danilo cobrou escanteio e Salatiel, que havia entrado no intervalo, subiu bonito para marcar de cabeça. A partir daí, o Operário foi para o sufoco e o LEC ficou com o contra-ataque. 

Com a base que vem jogando a Série B, o Operário empatou só aos 41 minutos. Após jogada de Rafael Oller, o zagueiro Lucas Costa e o goleiro Dalton se atrapalharam e Felipe Garcia empurrou para o gol vazio. O time da casa ainda acertou a trave em finalização do zagueiro Fábio Alemão. O LEC, no entanto, segurou a pressão e comemorou a classificação. 

"Sabíamos da qualidade do time do Operário, mas o bom resultado em Londrina nos deu esta condição do empate. Enaltecer a entrega e o comprometimento de todos por esta vaga na final", frisou o goleiro Dalton, em entrevista a Rede Massa. 

Os dois times agora voltam as atenções para a Série B. O LEC joga na sexta-feira (9), às 19h, no Café, contra o Guarani, e o Operário recebe o Brasil-RS, no sábado (10), no Germano Krüger, às 11h. 

FICHA TÉCNICA

OPERÁRIO 1

Simão; Filemon (Marcelo), Odivan e Fábio Alemão; Alex Silva, Leandro Vilela (Rafael Oller), Tomas Bastos (Leandrinho), Jean Carlo (Tomás) e Silva; Felipe Garcia e Schumacher (Pedro Ken). Técnico: Matheus Costa

LONDRINA 1

Dalton; Luan Marchiori (Bidía), Zé Pedro, Lucas Costa e Felipe Vieira; Pedro Cacho, Matheus Bianqui (Willian Correia) e Danilo (Celsinho); Douglas Santos (Salatiel), Juan Matos e Tiago Orobó. Técnico: Fonseca Júnior

Árbitro: Rodolpho Toski Marques

Local: estádio Germano Krüger

Gols: Salatiel, aos 17 minutos, e Felipe Garcia, aos 41 minutos do segundo tempo

Receba nossas notícias direto no seu celular, envie, também, suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link