|
  • Bitcoin 148.295
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 10/04/2022, 13:17

Com 'lei do ex' duas vezes, Coritiba vence o Goiás no Brasileiro

PUBLICAÇÃO
domingo, 10 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Coritiba venceu o Goiás por 3 a 0 na manhã deste domingo (10), no Couto Pereira, em um jogo que teve domínio da 'lei do ex'. É que os autores dos primeiros gols do Coxa, Alef Manga e Léo Gamalho, atuaram na equipe visitante anteriormente. Andrey completou o placar num chutaço de fora da área. O jogo foi válido pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro.

'LEI DO EX' PARA ABRIR O PLACAR

Aos nove minutos do primeiro tempo, após um cruzamento para o meio da área, a bola bateu na defesa do Goiás e sobrou para Alef Manga, que mandou de primeira para o fundo da rede.

O Coritiba continuou em cima e, aos 26 minutos, Igor Paixão fez boa jogada na entrada da área e cruzou para Léo Gamalho, que só empurrou para a rede, mas Tadeu conseguiu defender no reflexo. O Goiás, no entanto, não conseguiu produzir bons lances na primeira etapa.

CORITIBA AMPLIA

Logo no comecinho da segunda etapa, Caio derrubou Matheus Alexandre e Egídio pegou a bola para a cobrança. Ele deu um cruzamento açucarado e Léo Gamalho, que se desvencilhou da marcação, mandou para o fundo da rede, aos dois minutos. Egídio e Gamalho também jogaram no Goiás, numa nova demonstração da "lei do ex".

Após o gol, os dois times entraram em um ritmo mais lento, sem tantas chegadas ao ataque. No melhor lance, aos 23, Thonny Anderson buscou Léo Gamalho dentro da grande área, mas o camisa 9 do Coritiba não alcançou. Dois minutos depois, Luiz Filipe cobrou escanteio para Goiás e Maguinho chutou forte de fora da área, para fora.

GOIÁS VAI AO ATAQUE

Ainda na tentativa de empatar o jogo, o Goiás passou a subir mais para o ataque a partir das laterais. Aos 36, em cobrança de falta, Caio mandou a bola para Danilo Barcelos, que cabeceou bem, mas mandou para fora, pertinho do gol de Muralha.

O Coritiba subiu com perigo dois minutos depois, num lance de Régis, que passou por Reynaldo e ficou cara-a-cara com Tadeu. Ele finalizou, mas o goleiro se recuperou rapidamente e ficou com a bola.

ANDREY TRANSFORMA O JOGO EM GOLEADA

Aos 45 do segundo tempo, em boa jogada do lado esquerdo do ataque do Coritiba, a bola foi rolada para Andrey, que estava de frente para a grande área. Ele acertou um chutaço, sem chances de defesa para o goleiro Tadeu, e ampliou o placar a favor do Coxa.

CORITIBA

Alex Muralha, Warley (Matheus Alexandre), Henrique, Luciano Castán, Egídio, Willian Farias (Val), Andrey, Thonny Anderson (Régis), Alef Manga (Fabrício), Léo Gamalho (Guillermo de los Santos) e Igor Paixão. Técnico: Gustavo Moríngio

GOIÁS

Goiás: Tadeu, Diego, Da Silva, Reynaldo, Hugo, Caio Vinícius, Fellipe Bastos (Maguinho), Élvis, Apodi (Luiz Filipe), Renato Júnior e Danilo Barcelos (Auremir). Técnico: Glauber Ramos

Estádio: Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Horário: 11h (de Brasília)

Cartões amarelos: Da Silva (GOI), Henrique (CFC), Luiz Filipe (GOI), Luciano Castán (CFC)

Gols: Alef Manga (CFC), aos 9' do primeiro tempo (1-0); Léo Gamalho (CFC), aos 2' do segundo tempo (2-0), Andrey (CFC), aos 45' do segundo tempo (3-0)