|
  • Bitcoin 144.742
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 20/03/2022, 14:28

Com Jesus participativo, City goleia e vai à semi da Copa da Inglaterra

PUBLICAÇÃO
domingo, 20 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Manchester City venceu o Southampton por 4 a 1 e está na semifinal da Copa da Inglaterra. Apesar do placar elástico, a equipe de Pep Guardiola não teve uma partida tranquila diante do adversário que valorizou muito a classificação. No primeiro tempo, Sterling abriu o placar, mas Laporte marcou contra e deixou tudo igual. Na etapa final, De Bruyne recolocou os Citzens em vantagem, e Phil Foden e Mahrez saíram do banco para desamarrarem o jogo e fecharem a conta.

TRÊS SEMIFINALISTAS JÁ CONHECIDOS

Além do City, a Copa da Inglaterra já tem outros dois classificados. Ontem (19), o Chelsea venceu o Middlesbrough por 2 a 0 sem dificuldades e foi o primeiro a garantir a vaga. Hoje pela manhã, o Crystal Palace goleou o Everton por 4 a 0 e também avançou. Ainda neste domingo, às 15h, o Nottingham Forest recebe o Liverpool disputam o último jogo das quartas. Antes mesmo da partida, o sorteio será realizado para decidir os confrontos.

QUEM FOI BEM: GUARDIOLA

Pep não começou o jogo com força total e poupou atletas importantes. Apesar disso, jogadores corresponderam em campo, como foi o caso de Gabriel Jesus. No segundo tempo, o técnico acertou em cheio nas substituições e viu seu time sobrar diante de um adversário que deu muito trabalho.

JESUS PASSA EM BRANCO, MAS PARTICIPA DOS GOLS

Dentro da rotação que Guardiola faz no City, Gabriel Jesus começou como titular na partida. O brasileiro não fez o gol que poderia aumentar sua confiança na equipe e ganhar moral com os companheiros, mas tampouco pode-se dizer que o atacante fez uma partida ruim. Pelo contrário, Jesus foi substituído no segundo tempo com uma assistência para o gol de Sterling e com o pênalti sofrido, momentos cruciais para a classificação do City.

STERLING COLOCA CITY EM VANTAGEM

Pela força das duas equipes, era natural que o City começasse o jogo mais próximo do gol. Mas apesar das duas finalizações de Sterling, foi Adam Armstrong quem ofereceu o primeiro perigo real. Mesmo chutando mascado, o camisa 9 acertou a trave do goleiro Steffen e quase abriu o placar. Pouco depois, o que era esperado aconteceu. A zaga do Southampton deu mole dentro da área e a bola acabou sobrando para Gabriel Jesus, que só escorou para Sterling e viu o companheiro fazer o primeiro gol do jogo.

SOUTHAMPTON EMPATA

O City não tirou o pé depois do gol de Sterling e seguiu melhor na partida. Dessa vez, foi Gündogan o responsável por carimbar a trave após cruzamento de João Cancelo pela esquerda. Mas os anfitriões não se entregaram e cresceram aos poucos. Primeiro com Adam Armstrong, que finalizou de dentro da área por cima do travessão. Depois no chute de Romeu, encaixado por Steffen. De tanto insistir, o Southampton acabou premiado a poucos segundos do intervalo. Elyounoussi recebeu ótimo passe dentro da área, se livrou do goleiro e cruzou para a pequena área. Laporte foi mal na tentativa de corte e acabou marcando contra, empatando a partida.

JESUS SOFRE PÊNALTI

O cenário da partida pouco mudou no segundo tempo, com o City tendo mais a bola e fazendo o Southampton correr mais em seu campo de defesa. Mas nas chances de gol o jogo seguia equilibrado. Grealish e De Bruyne tentavam de um lado, Armstrong incomodava de outro. Foi então que Gabriel Jesus surgiu para desafogar o City de novo. Ao receber na entrada da área, o brasileiro foi derrubado por Salisu e sofreu pênalti. De Bruyne converteu e recolocou os Citzens em vantagem.

MUDANÇAS DE PEP TRANSFORMAM VITÓRIA EM GOLEADA

Substituto de Grealish na partida, o garoto Phil Foden correspondeu com poucos minutos em campo. Aos 21 anos, o garoto segue jogando como um veterano, e mostrou isso na pancada que soltou da entrada da área, sem chances para o goleiro Forster. Três minutos mais tarde, o quarto gol do City saiu com outro jogador vindo do banco. Com muita classe, Cancelo esticou a bola pela esquerda, Gündogan dominou no peito e serviu Mahrez, que bateu firme no canto do goleiro, dando números finais ao jogo. 4 a 1 placar final.

SOUTHAMPTON

Fraser Forster; Livramento, Jack Stephens, Mohammed Salisu e Walker-Peters; Oriol Romeu (Will Smalbone), Ward-Prowse, Stuart Armstrong (Moussa Djenepo) e Mohamed Elyounoussi (Ibrahima Diallo); Shane Long (Armando Broja) e Adam Armstrong (Che Adams). Técnico: Ralph Hasenhüttl

MANCHESTER CITY

Steffen, Walker, Stones, Laporte (Nathan Aké), Cancelo (Zinchenko), Rodri (Fernandinho), De Bruyne, Gündogan, Gabriel Jesus (Mahrez), Sterling, Grealish (Phil Foden). Técnico: Pep Guardiola

Local: St. Mary's Stadium, em Southampton (ING)

Gols: Sterling, 11'1ºT (0-1); Laporte, contra, 46'1ºT (1-1); De Bruyne, 16'2ºT (1-2); Phil Foden, 29'2ºT (1-3); Mahrez, 33'2ºT (1-4)

Cartão amarelo: Steffen (CIT)

Cartão vermelho: Não teve