|
  • Bitcoin 123.254
  • Dólar 5,0950
  • Euro 5,2407
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 29/06/2022, 16:14

Com desfalques, São Paulo enfrenta a Universidad Católica buscando melhorar resultados

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 29 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Na manhã desta quarta-feira (29), o São Paulo realizou o seu último treino antes de disputar as oitavas de final da Sul-Americana. A equipe enfrenta a Universidad Católica no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile), nesta quinta-feira (30), às 21h30 (de Brasília).Com ajustes táticos, Rogério Ceni comandou uma atividade técnica de 11 contra 11. Marcos Guilherme, recém-anunciado pelo clube, foi a novidade. Ele fez o seu primeiro treinamento com o elenco tricolor. O atacante trabalhou sob a orientação da preparação física, ao lado de Nikão, Talles Costa e Moreira, que seguem na transição para o gramado.

A contratação de Marcos Guilherme pelo São Paulo foi sacramentada na tarde desta terça-feira (28). Ele passou por exames médicos no CT da Barra Funda e assinou contato até o fim deste ano, com opção de prorrogação para o fim de 2023.

Vale lembrar que o camisa 10 se recupera de dores no joelho, enquanto o volante, de uma entorse no tornozelo direito. Já o jovem lateral-direito acaba de retornar da seleção portuguesa sub-18, após contrair uma amigdalite.

Ainda em tratamento no departamento médico do São Paulo, seguem Gabriel Sara, Caio e Luan recuperando-se de suas cirurgias: tornozelo direito, ligamento cruzado do joelho direito e adutor esquerdo, respectivamente.

Somam-se a eles, Andrés Colorado -no Reffis por conta de uma lesão no reto femoral direito— e Alisson, devido a uma entorse no tornozelo direito.

A conta de desfalques é fechada com a atualização do quadro de saúde do zagueiro Arboleda. Ele está em tratamento domiciliar, imobilizado, sob orientação médica. Após fraturar e romper os ligamentos do tornozelo esquerdo na partida contra o Juventude, o atleta realizou a cirurgia no local, na segunda-feira (27).

MELHORA NOS RESULTADOS

O São Paulo teve quatro dias para se preparar antes de voltar a campo, contra a Universidad Católica. O time deve entrar na partida com força máxima entre os jogadores disponíveis, buscando ver uma melhora nos resultados.

Antes disso, o time tricolor entrou em campo três vezes em seis dias. Em um calendário bastante apertado, o clube acumulou uma derrota para o Palmeiras, uma vitória sobre o mesmo rival e um empate com o Juventude. Com o fim da maratona, o elenco de Rogério Ceni coloca na balança os jogos e sai feliz com o futebol apresentado, mas incomodado com os resultados.

O sentimento dúbio aparece pelas situações como os resultados surgiram. O São Paulo vencia o Palmeiras no dia 20 por 1 a 0 até os acréscimos. Nos cinco minutos finais, sofreu a virada e deixou o Morumbi sem pontos. Noúltimo domingo (26), diante do Juventude, a equipe de Rogério Ceni finalizou 29 vezes a gol, mas ficou no 0 a 0.

"Não foi uma semana irregular, talvez o resultado tenha sido irregular, mas a semana não. O que a gente apresentou não foi irregular. Jogamos bem contra o Palmeiras no primeiro jogo, mas perdemos, jogamos bem no segundo jogo e ganhamos, jogamos bem hoje e empatamos. Talvez o que não tenha sido regular tenha sido o resultado, mas isso a gente não controla", disse Igor Gomes, depois do empate com o Juventude.

Os dois tropeços no Campeonato Brasileiro aumentaram a fase ruim do time na competição. Foram apenas duas vitórias nos últimos dez jogos, com quatro empates e outras duas derrotas. Na Copa do Brasil, o triunfo por 1 a 0 sobre o Palmeiras na última quinta-feira (23) faz com que a equipe precise de um empate no Allianz Parque para avançar para as quartas de final.

"Eu estou satisfeito com a entrega de todos, com o que a gente produziu nos jogos. Jogamos três vezes em seis dias, acho que produzimos bem, com muitas ausências. Nada garante que a próxima semana jogaremos tão bem quanto essa. Produzimos mais do que tivemos resultados. Acho que poderíamos ter saído [da semana] com três vitórias, produzimos para isso, mas saímos com uma vitória, um empate e uma derrota. Não são resultados condizentes com a produção. Mas sou feliz por ter atletas que se entregam tanto, lutam tanto", disse Ceni, em entrevista coletiva.

Agora, a equipe mira a vitória no jogo de ida da Copa Sul-Americana buscando entrar em campo com a vantagem no jogo de volta, na próxima semana, no Morumbi. Sem poder contar com reforços dos jogadores em recuperação ou transição, o São Paulo deve ir a campo com: Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Pablo Maia, Gabriel Neves, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Reinaldo; Calleri.

A Universidad Católica, por sua vez, chegou às oitavas da Sul-Americana após ter ficado em terceiro lugar no Grupo H da Copa Libertadores, com quatro pontos em seis jogos. O time comandado por Ariel Holan tem como reforço recente o lateral Mauricio Isla, que defendia o flamengo até a metade deste mês. Uma possível escalação do clube chileno tem: Sebastián Pérez; Mauricio Isla, Tomás Asta-Buruaga, Daniel González e Alfonso Parot; Fabián Orellana (Marcelino Núñez), Felipe Gutiérrez e (Diego Valencia) Luciano Aued; Cristián Cuevas (José Pedro Fuenzalida), Fernando Zampedri e Gonzalo Tapia.

Estádio: San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile)

Horário: Às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira (30)

Árbitro: Christian Ferreyra (URU)

VAR: Leodan Gonzáles (URU)

Transmissão: Conmebol TV