|
  • Bitcoin 147.786
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1554
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 22/04/2022, 16:43

Com carências no time, veja onde reforços podem se encaixar no Cruzeiro

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 22 de abril de 2022

LOHANNA LIMA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A derrota para o Remo, por 2 a 1, pela Copa do Brasil, na última terça-feira (19), evidencia que o Cruzeiro ainda precisa ajustar o elenco e o time para a sequência da temporada. O acesso à Série A do Campeonato Brasileiro é o principal objetivo do clube, que foi ao mercado buscar peças para o técnico Paulo Pezzolano.

Dos oito reforços anunciados, sete já foram registrados, sendo que dois deles foram relacionados pela primeira vez na quarta (20): o meia Leonardo Pais e o atacante Luvannor estão na lista da equipe para a partida contra o Tombense, neste sábado (23), às 19h (de Brasília), no estádio Soares de Azevedo, em Muriaé

(MG), pela terceira rodada da Série B.

A presença dos dois jogadores é importante devido a algumas carências que o time de Pezzolano possui no momento. Com as saídas de alguns atletas e problemas de ordem médica, a maioria dos reforços contratados já jogou e o mesmo caminha para ocorrer com Luvannor e Pais diante do Tombense. Ciente de que precisa ter mais peças à disposição com seu melhor desempenho o mais rápido possível, Pezzolano projetou a o início de sequência dos novos contratados.

"Espero que eles peguem rápido o que queremos, intensidade, jogar em bloco alto, em saber quando tem que fazer um duelo um contra um, quando tem que rodar a bola. Temos que fazer isso rápido com os jogadores que chegaram. Necessitamos o mais rápido possível deles em forma e dentro do campo porque é a melhor maneira de pegar a forma física e a forma tática que queremos", disse o treinador após a derrota para o Remo.

ONDE SE ENCAIXAM

Sem Edu, lesionado, Rodolfo foi o escolhido para ser o homem referência do ataque do Cruzeiro diante do Remo - partida em que ele marcou seu primeiro gol com a camisa celeste. A estreia do jogador havia sido contra o Brusque, na qual ele atuou mais pelas beiradas do campo. Com a chegada de Jajá, que estreou contra os paraenses jogando mais pelo lado, Pezzolano poderá formar um trio de ataque só com os recém-chegados, promovendo a estreia de Luvannor como referência.

Com João Paulo voltando de lesão e sem Fernando Canesim que se encontra no departamento médico, outro trunfo de Pezzolano é promover a estreia de Leonardo Pais como articulador no meio-campo do Cruzeiro. João Paulo foi o escolhido diante dos paraenses após um tempo fora de combate e sentiu bastante o jogo. O meia ainda perdeu uma cobrança de pênalti na partida.

O volante Neto Moura, que estreou contra o Brusque, deve retornar ao time. Ele ficou de fora da partida contra o Remo por já ter jogado a Copa do Brasil pelo Mirassol, e é a principal opção para a ausência de Filipe Machado, que se recupera de lesão.

O goleiro Gabriel Mesquita ainda não estreou e tem a forte concorrência de Rafael Cabral, hoje titular absoluto. Zé Ivaldo substituiu Eduardo Brock, suspenso contra o Remo, e caminha para acirrar a briga por posição na zaga. O único que ainda não foi regularizado é o atacante Rafael Silva, que vem trainado na Toca da Raposa desde o mês passado.

Estádio: Soares de Azevedo, em Muriaé (MG)

Horário: 19h (de Brasília) deste sábado (23)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR)

VAR: Adiano MIlczvski (PR)

Transmissão: Premiere