|
  • Bitcoin 143.794
  • Dólar 4,8425
  • Euro 5,1645
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 24/02/2022, 12:14

COI acusa Rússia de violar trégua olímpica com invasão à Ucrânia

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de fevereiro de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O COI (Comitê Olímpico Internacional) acusou o governo russo de ter violado a trégua olímpica ao invadir a Ucrânia. A entidade anunciou também desejar oferecer assistência humanitária aos atletas ucranianos.

No comunicado divulgado nesta quinta-feira (24), o COI afirma que os 193 Estados que compõem a ONU (a Rússia entre eles) assinaram a resolução, em dezembro de 2021, pedindo respeito à trégua olímpica até sete dias após o encerramento das Paraolímpíadas de Inverno de Pequim, marcadas para o período de 4 a 13 de março deste ano.

"O presidente do COI, Thomas Bach, reitera seu pedido de paz lançado nos discursos proferidos nas cerimônias de abertura e de encerramento dos Jogos Olímpicos", declarou o COI em seu comunicado.

Depois de manifestar preocupação com a segurança da "comunidade olímpica", o COI informou ter montado um grupo de trabalho para acompanhar a situação na Ucrânia e oferecer assistência humanitária.