São Paulo, 22 (AE) - Passar de coadjuvante a protagonista. Esta será a missão da maioria do time do Corinthians que estréia neste domingo, às 19 horas, no Torneio Rio-São Paulo, diante do Fluminense, no Pacaembu. Somente a dupla de zaga, Fábio Luciano e Adílson, é titular. O restante do grupo busca credibilidade para continuar no time e seguir como opção nos diversos torneios que o clube terá neste ano.
"ão é ano para pensar em férias", disse o atacante Dinei, que vai formar a dupla de ataque com Fernando Baiano. Dinei recuperou-se de uma sinusite, que o deixou fora do treinamento de sexta-feira. "Todos têm condição de atuar em qualquer clube do Brasil; terão sua oportunidade de mostrar seu valor e poderão ser aproveitados na equipe titular nos torneios que vamos disputar simultâneamente neste primeiro semestre", disse o técnico-interino Edson Barbosa.
treinador anunciou que vai abandonar o futebol após a disputa do Rio-São Paulo. "Depois do torneio, vou tirar dez dias de férias e informar o Oswaldo (Oswaldo de Oliveira) da minha decisão." Edson afirmou que está "cansado das cobranças e críticas da imprensa". O treinador não gostou de algumas matérias publicadas, que lembraram sua participação em um filme da década de 70.
O presidente Alberto Dualib anunciou que o clube recebeu várias propostas para participar de amistosos no exterior. "O único problema é o calendário brasileiro que não permite grandes alterações." Segundo o dirigente, o atual campeão mundial de clubes foi convidado a atuar nos torneios espanhóis Teresa Herrera e Ramón de Carranza no mês de agosto. "Podemos também disputar algumas partidas na Inglaterra, Coréia e Japão."