|
  • Bitcoin 102.453
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 17/05/2022, 13:01

Clubes juntam forças em publicações no Dia de Combate à Homofobia

PUBLICAÇÃO
terça-feira, 17 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - No Dia Internacional de Combate à Homofobia, vários clubes de futebol do Brasil publicaram em suas redes sociais mensagens contra a violência à comunidade LGBTQIA+. Os quatro grandes de São Paulo, por exemplo, soltaram suas mensagens no mesmo horário, por volta das 10h30 (de Brasília) da manhã de hoje (17).

"O Brasil é o país que mais mata pessoas LGBTQIA+. Respeite quem só quer viver", escreveu o perfil oficial do Corinthians. "No Palmeiras De Todos não existe espaço para a discriminação. Diga não à homofobia!", defendeu o Alviverde. O Santos se colocou "sempre do lado do amor, nunca do lado do preconceito", e o São Paulo reforça que "respeito é tarefa diária que deve ser exercida por todos".

O Brasil é o país que mais registra mortes violentas de pessoas LGBT no mundo inteiro. Só em 2021 foram ao menos 300, incluindo 276 homicídios e 24 suicídios. Em média, uma pessoa LGBT morre a cada 29 horas no País. O Dia Internacional de Combate à Homofobia é celebrado em 17 de maio desde 2010, para combater a violência e promover a igualdade.