São Paulo, 01 (AE) - Não é apenas a tradição lusitana que estará em jogo, amanhã, às 20h30, no Canindé. Tanto a Portuguesa quanto a Portuguesa Santista estão invictas no Campeonato Paulista e vêm de goleadas convincentes. Ao contrário das temporadas anteriores, os times devem fazer um clássico mais equilibrado. Do lado paulistano, o atacante Leandro mostra novo estilo de atuação. Pelo lado santista, jogadores experientes, como Jorginho, Capitão e Eliel, podem fazer a diferença.
A Portuguesa, consciente de sua qualidade ofensiva testada na goleada de 4 a 1 sobre a Ponte Preta, em Campinas, terá todos os titulares à disposição do técnico da equipe, Nelsinho Baptista. O goleiro Ronaldo, que foi substituído ainda no primeiro tempo do jogo contra a Ponte por ter levado um chute no ombro, está confirmado. O meio-de-campo de maior qualidade técnica agradou ao treinador, que manteve a formação com Simão, Carlinhos, Marquinhos e Alexandre.
Eles vão ter apoio de Leandro mudou sua maneira de atuar, após a chegada de Bentinho. Além de bom goleador, ele está destacando-se como preparador de jogadas para os meio-campistas que chegam ao ataque como surpresa. Leandro mostrou essa qualidade ao fazer assistências para os dois gols de Alexandre e de Marquinhos no Paulista.
Para Leandro, a chegada dos jogadores de meio-de-campo é importante para o setor ofensivo da equipe, pois tanto ele como Bentinho estão atentos para essa aproximação. "Esse trabalho facilita o desempenho dos atacantes, porque todos os meias sabem marcar e também apóiam bem o ataque", explica.
Em três partidas disputadas, Leandro aprovou o desempenho da dupla de ataque com Bentinho, por causa da versatilidade de ambos os jogadores. "É fácil atuar ao lado de um centroavante como o Bentinho, pois, além de inteligente, sabe passar bem a bola e nos momentos certos."
SANTISTA - Depois de golear o Araçatuba, por 4 a 1, a Portuguesa Santista terá seu teste mais difícil, ao enfrentar a Portuguesa de Desportos, no Canindé. Para o "Clássico da Colônia", o técnico Marinho Peres manterá a mesma equipe que jogou no último domingo, em Ulrico Mursa.
O volante Capitão vai se defrontar com seu ex-clube. "Joguei nove anos lá e tenho orgulho disso, mas agora estou em outra situação, porque sou profissional e vou lutar para ajudar a nossa equipe a vencer", afirmou o volante, dizendo que tem sorte quando atua no Canindé.
Portuguesa: Ronaldo; Márcio Goiano, Émerson, Tinho e Marcelo Santos; Simão, Carlinhos, Marquinhos e Alexandre; Leandro e Bentinho. Técnico - Nelsinho Baptista. Santista: Pitarelli; Marco Aurélio, Neto, Lima e Rogério Seves; Marcos Bazílio, Capitão, Jorginho e Arnaldo; Tico Mineiro e Eliel. Técnico - Marinho Peres.