|
  • Bitcoin 106.344
  • Dólar 5,2504
  • Euro 5,5226
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 22/05/2022, 19:33

City faz virada histórica e conquista título da Premier League

Título marca a despedida de Fernandinho, líder do clube inglês que vai voltar ao Athletico

PUBLICAÇÃO
domingo, 22 de maio de 2022

Folhapress
AUTOR autor do artigo

Foto: Oli Scarff/AFP
menu flutuante

O Manchester City contou com virada histórica sobre o Aston Villa, neste domingo (22), para conquistar o título da Premier League, em partida pela última rodada da competição. A equipe de Pep Guardiola venceu por 3 a 2 em uma recuperação fantástica. Perdia por dois gols de diferença até os 30 minutos do segundo tempo e conseguiu a vitória ao marcar três vezes em cinco minutos.

Manchester City's Brazilian midfielder Fernandinho lifts the Premier League trophy as City players celebrate on the pitch after the English Premier League football match between Manchester City and Aston Villa at the Etihad Stadium in Manchester, north west England, on May 22, 2022. - Manchester City won the Premier League for the fourth time in five seasons after a pulsating title race reached a dramatic conclusion as the champions staged an incredible comeback from two goals down to beat Aston Villa 3-2 on Sunday. (Photo by Oli SCARFF / AFP) / RESTRICTED TO EDITORIAL USE. No use with unauthorized audio, video, data, fixture lists, club/league logos or 'live' services. Online in-match use limited to 120 images. An additional 40 images may be used in extra time. No video emulation. Social media in-match use limited to 120 images. An additional 40 images may be used in extra time. No use in betting publications, games or single club/league/player publications. / Manchester City's Brazilian midfielder Fernandinho lifts the Premier League trophy as City players celebrate on the pitch after the English Premier League football match between Manchester City and Aston Villa at the Etihad Stadium in Manchester, north west England, on May 22, 2022. - Manchester City won the Premier League for the fourth time in five seasons after a pulsating title race reached a dramatic conclusion as the champions staged an incredible comeback from two goals down to beat Aston Villa 3-2 on Sunday. (Photo by Oli SCARFF / AFP) / RESTRICTED TO EDITORIAL USE. No use with unauthorized audio, video, data, fixture lists, club/league logos or 'live' services. Online in-match use limited to 120 images. An additional 40 images may be used in extra time. No video emulation. Social media in-match use limited to 120 images. An additional 40 images may be used in extra time. No use in betting publications, games or single club/league/player publications. /
Manchester City's Brazilian midfielder Fernandinho lifts the Premier League trophy as City players celebrate on the pitch after the English Premier League football match between Manchester City and Aston Villa at the Etihad Stadium in Manchester, north west England, on May 22, 2022. - Manchester City won the Premier League for the fourth time in five seasons after a pulsating title race reached a dramatic conclusion as the champions staged an incredible comeback from two goals down to beat Aston Villa 3-2 on Sunday. (Photo by Oli SCARFF / AFP) / RESTRICTED TO EDITORIAL USE. No use with unauthorized audio, video, data, fixture lists, club/league logos or 'live' services. Online in-match use limited to 120 images. An additional 40 images may be used in extra time. No video emulation. Social media in-match use limited to 120 images. An additional 40 images may be used in extra time. No use in betting publications, games or single club/league/player publications. /
 

A nova conquista da Premier League marcou também a despedida do londrinense Fernandinho, outro pilar e ídolo da equipe de Manchester nesses anos de títulos. O meia havia afirmado em entrevista coletiva em abril que pretendia voltar ao Brasil e pegou Guardiola de surpresa. Antes do jogo neste domingo, o jogador foi homenageado com um mosaico no centro de treinamento do clube, onde joga desde 2013. Fernandinho está apalavrado com o Athletico, clube que havia defendido antes de iniciar a carreira na Europa.

O City terminou o campeonato com 93 pontos, apenas um ponto à frente do Liverpool, que venceu o Wolverhampton por 3 a 1, também de virada, em partida realizada no mesmo horário. O meia Gündogan saiu do banco de reservas para se tornar o herói da equipe de Guardiola, fazendo dois dos três gols da equipe da casa.

Foi o quarto título do City nas últimas cinco temporadas —a equipe foi vice em 2019/20, atrás do hoje segundo colocado Liverpool. Neste domingo, o triunfo foi confirmado sobre adversário dirigido pelo ídolo histórico dos Reds Steven Gerrard e que não tinha mais objetivos na liga, mas que deu muito trabalho aos donos da casa.

Em comum nesse período, além dos investimentos massivos da família real dos Emirados Árabes Unidos e de alguns jogadores que se tornaram pilares do time, como Kevin De Bruyne, foi a presença do treinador Pep Guardiola à beira do campo.

Contratado em fevereiro de 2016, o catalão imprimiu rapidamente sua marca no time inglês. Vindo de três temporadas no Bayern de Munique, demorou um campeonato para ajustar suas ideias à nova realidade inglesa e carimbou o City com o futebol objetivo e envolvente que construiu desde os tempos de Barcelona.

No torneio atual, ameaçado de fato apenas pelos Reds de Jürgen Klopp, seu rival já na Bundesliga comandando o Borussia Dortmund, Guardiola levou o City à última rodada dependendo só de si para ampliar a hegemonia no Inglês.

Obviamente comemorado pela torcida, o título da atual temporada vive porém sob a sombra de fracassos na Liga dos Campeões da Europa, objetivo máximo da equipe desde que recebeu o aporte financeiro que a vinculou à família real de Abu Dhabi, em 2008.

Mas o City não desistiu da Champions, e pretende tentar o título inédito ainda com Guardiola. No início do mês, o time contratou o norueguês Erling Haaland, cobiçado atacante do Borussia Dortmund que era cotado também no Real e no Paris Saint-Germain.

O artilheiro chega para ocupar o espaço de camisa 9, buscado pelo técnico catalão nas duas últimas temporadas, sem sucesso.

A próxima tentativa, porém, pode ser a última. Neste momento, o contrato de Guardiola com o City vai até o fim do primeiro semestre de 2023, quando a equipe inglesa poderá estar comemorando seu primeiro título da Liga dos Campeões —ou buscando um novo treinador.

Receba nossas notícias direto no seu celular! Envie também suas fotos para a seção 'A cidade fala'. Adicione o WhatsApp da FOLHA por meio do número (43) 99869-0068 ou pelo link wa.me/message/6WMTNSJARGMLL1.