Os jogadores da seleção chilena colocaram um ponto final na lei do silêncio, que já vinha durando desde 25 de julho, após a partida contra a Venezuela, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa de 2002. O elenco se comprometeu a voltar a dar entrevistas, desde que o assunto seja exclusivamente futebol. A equipe que esteve na Austrália formará a base que jogará contra o Equador, amanhã, em Quito, pelas Eliminatórias para a Copa de 2002.