|
  • Bitcoin 138.186
  • Dólar 4,7363
  • Euro 5,0820
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 07/05/2022, 15:05

Chelsea leva empate do Wolverhampton no último lance aos olhos do novo

PUBLICAÇÃO
sábado, 07 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - No primeiro jogo após o anúncio da compra pelo consórcio liderado pelo norte-americano Todd Boehly, o Chelsea empatou com o Wolverhampton por 2 a 2, neste sábado (7). O novo dono esteve no Stamford Bridge e acompanhou de perto a reação dos visitantes, que empataram no último minuto, após Lukaku ter feito os dois gols dos Blues na 36ª rodada do Campeonato Inglês.

Depois de um primeiro tempo com a posse, mas dando o contragolpe para os visitantes, os mandantes voltaram com tudo no segundo tempo. Na etapa final, Lukaku marcou duas vezes. O primeiro, de pênalti aos 10 minutos. O segundo, batendo de fora da área após um erro dos Wolves na saída de bola. Porém, Trincão, aos 33, diminuiu para os visitantes. Já aos 51, Coady deixou tudo igual.

O triunfo mantém o Chelsea em terceiro, com 67 pontos. Já o time do interior inglês ocupa o oitavo lugar, com 50 pontos. Os dois clubes entram em campo na quarta (11). Os Blues visitam o Leeds, enquanto os Wolves recebem o Manchester City.

Novo dono do Chelsea, Boehly chamou a atenção por suas reações no Stamford Bridge. Ele comemorou um gol do time na primeira etapa, mas se frustrou em seguida, com a anulação por um impedimento anotado no VAR.

No segundo tempo, ele também se levantou e repetiu os aplausos nos dois gols feitos por Lukaku.

O anúncio da compra foi feito na sexta-feira (6). O norte-americano, que também é sócio do time de beisebol LA Dodgers, irá completar a transação até o final do mês, que gira na casa dos 2,5 bilhões de libras (cerca de R$ 15,6 bilhões) Além disso, mais 1,75 bilhão de libras (aproximadamente R$ 11 bi) devem ser investidos em melhorias no clube.

JOGO

A etapa inicial da partida não teve muitos lances perigosos. A equipe da capital foi melhor e controlou a bola, mas deu espaço para os visitantes, que exploraram o contra-ataque.

Em cobrança de escanteio aos 37 minutos, Thiago Silva desviou de cabeça na trave e Rudiger furou. A bola tocou no joelho de Lukaku e sobrou para Loftus-Cheek mandar para a rede. O jogador, no entanto, estava impedido, e o árbitro de vídeo anulou o tento. O lance demorou cerca de três minutos para ser analisado, um tempo muito elevado para os padrões europeus

Nos minutos que antecederam o intervalo, os Wolves levaram perigo duas vezes, em dois contra-ataques, ambos pela esquerda. No primeiro, Pedro Neto avançou, passou pela zaga e chutou. Mendy espalmou e Dendoncker mandou por cima. Em seguida, ele correu até a área adversária, mas não conseguiu finalizar.

Em um lance quase na linha de fundo, aos 7 do segundo tempo, Saiss derrubou Lukaku. Nada foi marcado em campo. Contudo, o árbitro de vídeo solicitou revisão, e a penalidade foi marcada. Lukaku chutou de um lado, o goleiro caiu para o outro, e o atacante belga abriu o marcador, aos 10

Dois minutos depois de fazer o primeiro, Lukaku foi para a rede novamente. Pulisic aproveitou a saída errada de bola errada do Wolverhampton e rolou para Lukaku, que soltou a bomba de fora da área para marcar novamente.

O jogador que entrou na vaga de Rúben Neves, aos 31 minutos da etapa final, mudou a cara dos Wolves, Com apenas dois minutos em campo, ele trouxe da direita para o meio e marcou um golaço no ângulo, sem dar chances para Mendy.

Aos 39, Trincão teve a chance de empatar. Após driblar Thiago Silva, chutou para o gol, mas a bola resvalou em Mendy e saiu para escanteio.

Quando a vitória já parecia certa para o Chelesa, o Wolverhampton buscou o empate. Chiquinho cruzou na área, e Coady cabeceou firme, deixando tudo igual aos 51 da etapa final, para tristeza de Boehly.