|
  • Bitcoin 147.817
  • Dólar 4,9383
  • Euro 5,2267
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 15/04/2022, 21:36

Chapecoense se fecha, aposta no contra-ataque e vence o Grêmio na Arena (1)

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 15 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - A Chapecoense surpreendeu o Grêmio em Porto Alegre. Nesta sexta-feira (15), o time catarinense apostou numa defesa forte e contou com o contra-ataque para vencer por 1 a 0, na Arena, pela segunda rodada da Série B. O gol foi de Matheus Bianqui.

Com quatro pontos, a Chapecoense assume a liderança da segunda divisão. O cenário pode mudar com a conclusão da rodada.

Já o Grêmio conhece a primeira derrota e chega ao segundo jogo sem vencer ou mesmo marcar gols no campeonato. O clube tricolor tem um ponto e está em 15º.

O próximo jogo do Grêmio será na quinta-feira (21), contra o Guarani, em casa. A Chapecoense encara o Vasco, sexta-feira (22), em Santa Catarina.

O Grêmio empatava em 0 a 0 com a Chapecoense na Arena ao fim do primeiro tempo. E tão logo a etapa inicial teve fim, a torcida vaiou. A reação foi reflexo, também, do jogo de estreia, quando o time gaúcho ficou na igualdade sem gols contra a Ponte Preta.

O Grêmio apresentou, durante boa parte do jogo, um problema que já esteve presente na estreia pela Série B: a dificuldade ofensiva. O time gaúcho sofreu sem espaços e criou poucas opções na frente. Com Ferreira, teve sua principal chance na etapa inicial graças a uma falha individual do rival, mas o goleiro Vagner evitou o gol. Defensivamente, o time de Roger Machado tinha sido pouco exigido até um dos poucos ataques mais fortes do adversário acabar em gol.

A Chapecoense aproximou suas linhas para tirar espaços do Grêmio. Com duas barreiras de quatro jogadores cada em frente à área, o time de Gilson Kleina procurava proteger sua retaguarda a cada momento. Aplicada taticamente, a equipe catarinense teve sucesso em boa parte do jogo. Ofensivamente, o time viveu de arrancada em contra-ataque. Num deles, Derek fez grande jogadas e Matheus Bianqui marcou o gol.

GRÊMIO

Brenno; Rodrigues (Edilson), Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva) e Bitello (Quejada); Campaz (Gabriel Teixeira), Elias (Ricardinho) e Ferreira. T.: Roger Machado.

CHAPECOENSE

Vagner; Ronei, Léo, Victor Ramos e Fernando; Marcelo Freitas, Luizinho (Carlos Orejuela), Betinho (Matheus Bianqui), Lima (Claudinho) e Maranhão (Derek); Perotti. T.: Gilson Kleina

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Edina Alves Batista (SP) (Fifa)

Auxiliares: Marcelo Van Gasse (SP) (Fifa) e Alex Ang Ribeiro (SP)

VAR: José Cláudio Rocha Filho (SP) (VAR-Fifa)

Cartões amarelos: Luizinho, Victor Ramos, Matheus Bianqui (CHA);

Gols: Matheus Bianqui (CHA), aos 29 minutos do segundo tempo.