Os representantes paranaenses na Liga Nacional de Handebol Masculino iniciam hoje a caminhada no segundo turno da competição. O Cesulon, que terminou o turno entre os quatro primeiros, joga a partir das 20 horas no ginásio do Marista, em Londrina, contra o São Caetano. Já o Olímpico, em sétimo lugar, enfrenta o Metodista (SP), em Maringá, no mesmo horário. Mais duas partidas estão previstas para hoje. Em São Paulo, Pinheiros x Vasco da Gama; em São Bernardo do Campo, Guaru x Flamengo.
Marcar dois pontos hoje com uma vitória sobre o São Caetano. Este é o objetivo do Cesulon/Londrina. No turno houve empate em 26 gols em São Caetano do Sul. Para hoje o técnico Giancarlo Ramirez deve começar com Márcio; Max, Adson, Fábio Dias, Mão de Onça e Cláudio. O armador-direito Fábio Dias é o vice-artilheiro da Liga com 42 gols. O artilheiro é Agberto, da Metodista, com 44.
Maringá – O time do Clube Olímpico de Maringá (COM) quer fazer um ‘‘bom jogo’’ hoje contra o Metodista, que lidera a Liga Nacional de Handebol masculino. A intenção do COM, que joga em Maringá e está em sétimo lugar, é a vitória. No domingo o Olímpico pega o São Caetano, também em casa. Para este jogo, o que está revoltando os dirigentes do time é o horário da partida: 11 horas.
‘‘Nós e Londrina estamos atraindo bem mais público que São Paulo, e o pessoal marca um horário muito ruim para o torcedor comparecer’’, afirma. Silva conta que em uma das partidas em São Paulo, no último final de semana, haviam 10 pessoas nas arquibancadas. ‘‘Quatro eram familiares e outros três namoradas de jogadores’’.