|
  • Bitcoin 124.231
  • Dólar 5,0950
  • Euro 5,2657
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 03/03/2022, 18:08

CEO do Shakhtar anuncia morte de técnico da base em ataque russo

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 03 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Sergei Palkin, CEO do Shakhtar Donetsk, clube ucraniano, escreveu nas redes sociais, nesta quinta-feira (3), contra a invasão russa e revelou que um técnico das categorias de base do clube foi morto durante um ataque da Rússia.

"Um funcionário nosso foi morto ontem. Técnico das crianças. Morreu ao ser atingido por um fragmento de uma bomba russa. Russos, vocês estão matando ucranianos. Parem com essa loucura! Não fiquem em silêncio, falem! Se não o fizerem, será uma derrota pessoal para vocês. Uma derrota que vai ser lembrada por todas as futuras gerações. Uma derrota que não pode ser apagada da história do mundo. Cada um de vocês será culpado e responsável pelos crimes cometidos", é um trecho do que escreveu Sergei Palkin em seu Facebook.

Palkin ainda avisa que a Rússia "está se tornando um lugar de covardes silenciosos", ao pedir que o povo russo se manifeste contra a guerra, principalmente donos de clubes e jogadores de futebol.

O Shakhtar Donetsk, em especial, é um clube que sofreu muito com as desavenças entre Rússia e Ucrânia e, oito anos atrás, precisou abandonar a cidade de Donetsk, deixando toda a infraestrutura construída para trás por conta de um bombardeio separatista.