|
  • Bitcoin 121.615
  • Dólar 5,0547
  • Euro 5,2170
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 06/07/2022, 21:31

Ceará supera The Strongest por 3 a 0 e vai às quartas da Sul-Americana

PUBLICAÇÃO
quarta-feira, 06 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

MACEIÓ, AL (UOL/FOLHAPRESS) - O Ceará não se contentou com a vantagem criada no jogo de ida contra o The Strongest (Bolívia) e tratou de resolver o jogo de volta e garantir a classificação para as quartas de final da Sul-Americana superando os bolivianos por 3 a 0 na noite desta quarta-feira (6), na Arena Castelão, em Fortaleza.

A vitória coloca o time nordestino no modo de espera para conhecer o adversário na próxima fase a ser decidido entre São Paulo e Universidad Católica, que jogam nesta quinta-feira (7), no Morumbi, às 21h30. A equipe paulista chega para o confronto com a vantagem por ter vencido o jogo de ida por 4 a 2.

O Ceará começou a partida a todo vapor, chegando ao ataque em velocidade, liderado por Mendoza. Em menos de cinco minutos, o time chegou três vezes graças ao quadrado criado no meio campo por Mendoza, Richardson, Vina e Zé Roberto que neutralizou qualquer tentativa de ataque rival e conseguiu recuperar a bola de forma rápida em várias oportunidades formando uma primeira linha defensiva e partindo para o contra-ataque.

O Ceará não se convenceu da vantagem criada no primeiro jogo por 2 a 1 e tratou de garantir a classificação em apenas seis minutos. Richardson abriu o placar aos 23 e Victor Luis aos 26, ambos no primeiro tempo.

Um susto para o técnico Marquinhos Santos que logo tratou de colocar o banco de reservas apostos, Richard Coelho se chocou com as placas de publicidade e ficou sentindo a lombar por alguns minutos, mas logo voltou ao jogo mesmo com algumas dificuldades.

O The Strongest não se abalou de primeira pela pressão imposta pelos cearenses e conseguiu, aos poucos, ir saindo para o jogo e também chegou ao ataque, aos 14 minutos, com Trivério finalizando e João Ricardo salvando o Ceará. Na segunda etapa, os elenco boliviano sentiu o cansaço e, mesmo com Gabriel Esparza e Fernando Saucedo subindo ao ataque em algumas oportunidade, os companheiros não acompanharam o ritmo e pouco conseguiram segurar as investidas da equipe cearense.

A classificação garantiu ao cofre do Ceará a premiação de US$ 600 mil (cerca de R$ 3,2 milhões). Em toda a competição, o clube nordestino já faturou US$ 2 milhões (aproximadamente R$ 10 milhões).

No sábado (9) o Ceará vira a chave para encarar o Fluminense, às 19h, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã. No dia seguinte, o The Strongest encara o Nacional Potosí, pela terceira rodada do Campeonato Boliviano, às 16h.

CEARÁ

João Ricardo, Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio, Victor Luis, Richard Coelho, Richardson (Rodrigo Lindoso), Vina (Fernando Sobral), Lima (Iury Castilho), Zé Roberto (Cléber), Mendoza (Dentinho). Técnico: Marquinhos Santos.

THE STRONGEST

Viscarra, Benegas, Castillo, Jusino, Aponte, Cascini (Richet Gómez), Saucedo (Rodrigo Amaral), Ursino (Reinoso), Esparza (Sotomayor), Calleros, Triverio (Prost). Técnico: Cristian Díaz.

Estádio: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Árbitro: Derlis López (PAR)

Assistentes: José Cuevas (PAR) e Luis Onieva (PAR)

Cartões amarelos: Nino Paraíba (CEA); Esparza (STR)

Gols: Richardson (CEA), aos 23', e Victor Luís (CEA), aos 26'/1º T; Lima (CEA), aos 6'/2º T.