|
  • Bitcoin 102.599
  • Dólar 5,2536
  • Euro 5,4884
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 20/06/2022, 16:15

CBF troca árbitros do VAR de jogo entre São Paulo e Palmeiras após confusões em partida entre Inter e Botafogo

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 20 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou a substituição dos responsáveis pelo VAR no clássico desta segunda-feira entre São Paulo e Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. A mudança acontece devido aos árbitros designados inicialmente, Rafael Traci e Helton Nunesos, estarem "sob avaliação" após a polêmica na partida deste domingo (19) entre Internacional e Botafogo.

"A alteração se justifica em razão do árbitros designados anteriormente, Rafael Traci e Helton Nunes, estarem sob avaliação do seu desempenho técnico", comunicou a entidade. "Como existe tempo hábil para designação, o VAR substituto será Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, e o AVAR [assistente de VAR] será Vitor Carmona Metestaine", completou.

Em uma jogada logo aos seis minutos do jogo disputado no Beira-Rio, o árbitro Savio Pereira Sampaio foi chamado por Rafael Trasci, responsável pelo VAR, para analisar um lance que aconteceu na área do Botafogo. Após chute de Alan Patrick, do Inter, a bola bateu no peito do zagueiro Philipe Sampaio e acabou resvalando em seu braço.

Apesar de não ter marcado a penalidade inicialmente, Savio reviu o lance e mudou de ideia. Além disso, acabou expulsando o jogador do botafoguense e, na sequência, o técnico português Luís Castro por reclamação.

Mesmo com um a menos, o clube carioca conseguiu a virada e venceu por 3 a 2. Após o apito final, jogadores de ambas as equipes se desentenderam e iniciaram um conflito em campo.

O Choque-Rei desta segunda-feira, válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, será disputado às 20h (de Brasília), no Morumbi. Com um jogo a menos do que os demais times, o Palmeiras ainda está na liderança, empatado com 25 pontos com o Corinthians, enquanto o São Paulo está em nono, com 18 pontos, a três de distância do G4.