SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Marcelinho Carioca e sua amiga foram resgatados nesta segunda-feira (18) (18) após sequestro no início da madrugada de domingo. A reportagem listou perguntas e respostas sobre o caso que intrigou muita gente.

*

ONDE FICAVA O CATIVEIRO?

O cativeiro onde Marcelinho e Taís ficaram presos fica na cidade de Itaquaquecetuba, na região metropolitana de São Paulo. O local era uma casa próxima à região em que o carro do ex-jogador foi encontrado.

A casa onde Marcelinho ficou tem dois andares e três cômodos pequenos. O local estava em condições ruins, muito sujo.

O MARIDO TINHA ALGUMA LIGAÇÃO COM O CASO?

Em vídeo que circulou nas redes sociais, Marcelinho e Taís afirmam que estavam sequestrados pelo marido da vítima. Após a libertação, ambos falaram que confirmaram um relacionamento porque estavam sob ameaça de armas pelos bandidos e negaram a participação do ex-marido da vítima.

A polícia descarta a participação de Taís e seu ex-marido. Ele prestou depoimento às autoridades.

O MARIDO FOI PRESO?

Márcio, ex-marido de Taís, não foi preso. Ele prestou depoimento à polícia, falou que soube do caso pela televisão e procurava a ex-mulher desde sábado. As autoridades, então, descartaram a participação dele.

POR QUE MARCELINHO GRAVOU O VÍDEO?

Marcelinho Carioca e Taís afirmaram que os sequestradores apontaram armas e obrigaram a gravação das imagens. Se você tem uma arma apontada na cabeça e a pessoa obriga você a falar, o que você faz? Fui obrigado a falar. A Taís é brilhante, guerreira, de fibra, família, trabalhadora que não tenho nada a ver.

O QUE MARCELINHO FAZIA EM ITAQUAQUECETUBA?

Marcelinho Carioca foi secretário de esportes de Itaquaquecetuba e tinha amizades na região. Na madrugada de domingo, ele disse ter se dirigido à cidade após o show Tardezinha para levar ingressos do evento que também aconteceria no domingo. Ele, então, encontrou Taís e outros amigos para oferecer as entradas.

QUEM É A MULHER QUE ESTAVA COM MARCELINHO?

A mulher que estava com Marcelinho é uma amiga que ele fez na época em que era secretário de esportes de Itaquaquecetuba. Ela também trabalhava na prefeitura e, por isso, construiu a relação com o ex-jogador. A reportagem optou por não identificá-la para preservar a imagem dela.

COMO A POLÍCIA ENCONTROU MARCELINHO

A polícia soube do desaparecimento de Marcelinho na manhã de segunda-feira e passou a investigar. Pouco depois, um carro "não compatível com a região", segundo as autoridades, foi localizado e descobriram que era relacionado ao ídolo corintiano. As autoridades, então, intensificaram as buscas e encontraram o cativeiro do Marcelinho.

QUANTO DINHEIRO LEVARAM DE MARCELINHO?

R$ 42 mil foram levados de Marcelinho. Os sequestradores pediram mais de R$ 40 mil ao advogado do ídolo corintiano, que transferiu o valor. A quantia foi feita em dois pagamentos via pix, um de R$ 30 mil na noite de domingo, e outro de R$ 12 mil na manhã desta segunda-feira (18).

Durante o sequestro, os criminosos telefonaram para o representante do ex-jogador e pediram R$ 200 mil para soltá-lo. Já com auxílio das autoridades, o montante não foi repassado, e as buscas se intensificaram.

QUANTAS PESSOAS FORAM DETIDAS

Cinco pessoas foram presas, entre eles três homens e duas mulheres. Não se sabe a identidade deles e a motivação pelo crime.