Campinas, 23 (AE) - O técnico Cassiá, de 46 anos, vai dirigir a equipe do Rio Branco, de Americana, pela quarta vez. Ele começou a trabalhar hoje no lugar de Edu Marangon, que pediu demissão depois da derrota para o São Paulo por 5 a l, na quarta-feira. O treinador, que conhece a maioria dos jogadores, tem como principal objetivo classificar o time à próxima fase do Campeonato Paulista. O Rio Branco tem 3 pontos ganhos e divide com o Botafogo a último colocação no Grupo 3. Cassiá já tem um grande desafio na sua estréia, que é de buscar a reabilitação jogando em Ribeirão Preto, contra o Botafogo, que também não vem bem na competição. O lateral esquerdo Gustavo, além dos zagueiros Célio Lúcio e Gilmar Lima, que cumpriram suspensão no última partida, estarão à disposição do treinador. Edu Marangon não suportou a pressão após a derrota para o tricolor - a terceira consecutiva do Rio Branco, que havia sido derrotado anteriormente pelo União Barbarense (3 a 2) e Guarani (1 a 0). O preparador físico Adilson Menengel e o auxiliar técnico Chico também deixaram o clube. O preparador físico Fred Scmania foi contratado e vai acumular as duas funções.