RIO DE JANEIRO, RJ (UOL-FOLHAPRESS) - Em jogo quente e movimentado, o Fluminense envolveu o River Plate, da Argentina, e venceu por 5 a 1 no Maracanã, com três de Germán Cano. A partida foi válida pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores e encaminhou a vaga às oitavas dos brasileiros.

O time carioca está com 100% de aproveitamento na Libertadores. São três vitórias, nove gols marcados e só dois sofridos.

Com o resultado, o Flu chega aos nove pontos no Grupo D, disparado na liderança. O River é o terceiro, com três. The Strongest e Sporting Cristal ainda se enfrentam hoje às 23h.

Herói da partida com três gols, Cano assumiu novamente a artilharia do Brasil. Ele ultrapassou Pedro, que agora tem 21 gols contra 23 do argentino. Arias, duas vezes, também marcou.

A torcida tricolor preparou um mosaico com faixas e balões para a entrada do time em campo. Com ingressos esgotados, houve grande festa no Maracanã.

O goleiro Fábio se tornou o brasileiro com mais jogos pela Libertadores na história, com 90. Ele se igualou a Rogério Ceni. Entre todas as nacionalidades, ele é o oitavo. O líder do ranking é o uruguaio Ever Almeidas, com 113 partidas.

O Fluminense volta a entrar em campo no sábado, às 21h (de Brasília), em clássico contra o Vasco, no Maracanã. Pela Libertadores, a próxima partida será diante do The Strongest, fora de casa, dia 25.

FLUMINENSE

Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo (Vitor Mendes), Marcelo (John Kennedy); André, Alexsander; Ganso; Arias, Keno (Lima) e Cano (Lelê). T.: Fernando Diniz.

RIVER PLATE

Armani; Herrera, González Pirez, Mammana (Solari), Casco; Pérez (Palavecino), Aliendro, Fernández (Robert Rojas), De La Cruz (Paradela), Barco; Beltrán (Santiago Simón). T.: Martín Demichellis.

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)

Assistentes: Nicolas Taran (URU) e Carlos Barreiro (URU)

VAR: Angelo Hermosilla (CHI)

Gols: Cano (aos 28 minutos do primeiro tempo), Beltrán (aos 38 minutos do primeiro tempo), Cano (aos sete minutos do segundo tempo), Arias (aos 29 minutos do segundo tempo), Cano (aos 41 minutos do segundo tempo), Arias (aos 46 minutos do segundo tempo).

Cartões amarelos: Felipe Melo, André, Lima (FLU), González Pírez, Enzo Pérez, Beltrán, Aliendro (RIV)

Cartões vermelhos: González Pírez (RIV)