O Campeonato Brasileiro nunca esteve tão disputado quanto em 2011. Com a diferença entre o primeiro e o quinto colocado em apenas três pontos, a tabela comprova o equilíbrio cada vez maior do Brasileirão. Desde 2006, quando a competição passou a ter 20 clubes na Primeira Divisão, a distância entre os cinco primeiros nunca foi tão pequena.
Assim, até mesmo para os matemáticos, a conta fica difícil na hora de apontar as probabilidades de chance de título e de rebaixamento para cada equipe. De acordo com o site Infobola, do matemático Tristão Garcia, cinco times brigam efetivamente pelo título e sete para não serem rebaixados.
Na parte debaixo da tabela, América e Avaí praticamente já carimbaram o passaporte para a Série B, com 99% de chances de queda cada um. De acordo com o matemático, a chance do Atlético Paranaense cair é grande também, 76%.
O Cruzeiro também está em situação complicada. A goleada sofrida diante do Flamengo no domingo colocou o time celeste na Zona de Rebaixamento e com 56% de chance de queda. Já o Ceará, 16º colocado, tem 46% de chance.
Na parte de cima, o Corinthians, líder do Brasileirão, é também quem tem mais chances de título: 41% segundo o Infobola. Empatado em número de pontos com o Timão, o Vasco tem 30% de probabilidade de dar mais uma volta olímpica em 2011. Já o atual campeão, que está apenas dois pontos atrás da dupla, soma agora 20% de chances de ser bi.
''Estamos muito felizes, mas ninguém está com euforia. Foi mais um jogo, extremamente difícil (2 a 1 sobre o Inter, no domingo). É uma vitória que dá um moral muito grande, nos coloca perto do líder. Vamos continuar trabalhando com a mesma seriedade'', declarou o técnico Abel Braga, do Fluminense. ''Estou muito feliz porque estamos lá no bolo'', completou.
Os dois últimos times com chances de levantar o troféu de campeão ao final da última rodada são Botafogo, que viu as possibilidades caírem para 5% após a derrota para o surpreendente Figueirense, e o Flamengo com 3% de chances, apesar da elástica vitória obtida sobre o Cruzeiro - 5 a 1.
''Estão deixando a gente sonhar. Todo mundo sabe que quando o Flamengo chega assim, unido com sua torcida, é difícil de segurar'', afirmou Ronaldinho Gaúcho, demonstrando muita confiança.

Imagem ilustrativa da imagem Brasileirão de 2011 é o mais disputado