Brasil vence Cuba na despedida de Paula12/Mar, 13:03 Por Tote Nunes Jundiaí, 12 (AE) - Depois do primeiro tempo, em que teve muita dificuldade, a seleção brasileira feminina de basquete reagiu e venceu a seleção de Cuba por 80 a 73 (38 a 37) no primeiro jogo de uma série de confrontos entre as equipes e que serve de preparação para os jogos olímpicos de Sydney, em setembro. Realizado no ginásio Bolão, em Jundiaí, a partida marcou a despedida oficial das quadras de "Magic Paula". A ex-jogadora, que deixou o basquete em fevereiro, foi homenageada hoje pela Confederação Brasileira de Basquete e pela diretoria do Divino Salvador, de Jundiaí, time onde começou a carreira profissional. Com pouco tempo de preparação para o amistoso, a seleção sentiu falta de entrosamento. A equipe se reuniu dois dias antes do jogo. A pivô Alessandra só chegou da Itália, onde joga, na véspera. No começo, o técnico Antonio Carlos Barbosa tentou mexer o mínimo possível na equipe. Começou jogando com Ellen, Adriana, Janeth, Marta, e Alessandra, jogadoras que se conhecem já há mais tempo. Mesmo assim, as cubanas foram melhores. Na primeira etapa, as meninas do Brasil estiveram sempre atrás do marcador. O time apresentou falhas em todos os setores, mas principalmente no ataque, desperdiçando seguidos lances no garrafão. A seleção cubana, que marcava bem, e saía em alta velocidade para o contra-ataque, chegou a abrir dez pontos de vantagem. Barbosa iniciou então uma série de experiências e trocou várias jogadoras. O time melhorou no finalzinho, empatou e fechou o primeiro tempo com um ponto na frente. Na segunda etapa, a seleção melhorou bastante o rendimento e não só manteve como ampliou a vantagem "Foi um ótimo teste para nós. O time de Cuba é forte e exigiu bastante da gente. Nesse momento de preparação, isso é muito bom", disse o treinador.