Rio, 15 (AE) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou que o Brasil é um forte candidato a ser o país-sede da Copa do Mundo de 2006. Apesar de desvincular a realização do Campeonato Mundial de Clubes da candidatura brasileira, Blatter disse ter ficado impressionado com alguns pontos da organização brasileira na competição encerrada sexta-feira. "As telecomunicações melhoraram muito", elogiou o presidente da Fifa. "A paixão dos brasileiros pelo futebol já era conhecida, o que também vai ajudar a candidatura."
Na chegada ao País, o dirigente encontrou-se com o presidente Fernando Henrique Cardoso que, segundo, mostrou-se entusiasmado com a possibilidade de o Brasil tornar-se a sede do torneio. Blatter ressaltou, porém, que os outros quatro candidatos (áfrica do Sul, Marrocos, Inglaterra e Alemana) também demonstraram "muita vontade" de organizar a Copa.
Hoje, o presidente do Comitê de Inspeção da Fifa, Alan Rothenberg, iniciou uma visita ao País para verificar o cumprimento dos pontos colocados no caderno de encargos da candidatura brasileira. Acompanhado de quatro integrantes da Fifa - Yousef Al Serkal, Walter Sieber, Urs Kneubuhler, Richard Read - ele vai percorrer em cinco cidades do País, possíveis sedes dos jogos. Amanhã, a comissão visita o estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre.
Segunda-feira, a vistoria será no Joaquim Américo, em Curitiba, onde eles almoçam com o ministro dos Esportes, Rafael Grecca e o governador do Paraná, Jaime Lerner. Na terça-feira, eles viajam para São Paulo, onde vai ao estádio do Morumbi, encontrar-se com o governador de São Paulo, Mário Covas, e o presidente do Comitê 2006, Zico.
No dia 18, eles estarão em Brasília, para reunirem-se com parlamentes do Congresso Nacional e o presidente Fernando Henrique Cardoso. O final da visita ocorrerá no Rio de Janeiro, onde a comissão vai ao Maracanã e depois encontra-se com o governador Anthony Garotinho e o prefeito Luís Paulo Conde.
Segundo Rothenberg, outros estádios serão verificados em uma visita posterior. "Vamos analisar as plantas desses outros estádios para ver se estão de acordo com as normas da Fifa", disse. Ele explicou que, além dos estádios, serão examinadas condições de transporte, hotelaria e, principalmente, segurança nas cidades que constam do roteiro.
Antes do Brasil, a comissão esteve na Alemanha e na Inglaterra. Em março, eles visitarão Marrocos e áfrica do Sul. No fim das vistorias, eles farão um relatório com as avaliações para o comitê executivo da Fifa, que anuncia o resultado nos dias 5 e 6 de julho.