|
  • Bitcoin 123.138
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 31/07/2022, 21:16

Bragantino vence Juventude em jogo com homenagem a vítima de atropelamento... - Veja mais em https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2022/07/31/red-bull-bragantino-x-juventude-brasileirao-rodada-20.htm?cmpid=copiaecola

PUBLICAÇÃO
domingo, 31 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Red Bull Bragantino venceu o Juventude por 1 a 0 na noite de domingo (31), no estádio Nabi Abi Chedid, em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, que abre o segundo turno.

O gol da partida foi marcado por Helinho. Com o resultado, o Massa Bruta se mantém na oitava colocação, com 30 pontos. O Juventude, por sua vez, cai para a lanterna do Brasileirão, já que o Fortaleza venceu o Cuiabá, e tem apenas 16 pontos.

O Red Bull Bragantino venceu o Juventude por 1 a 0 na noite de hoje (31), no estádio Nabi Abi Chedid, em jogo válido pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, que abre o segundo turno. O gol da partida foi marcado por Helinho. Com o resultado, o Massa Bruta se mantém na oitava colocação, com 30 pontos. O Juventude, por sua vez, cai para a lanterna do Brasileirão, já que o Fortaleza venceu o Cuiabá, e tem apenas 16 pontos.

HOMENAGEM

Na próxima rodada do Brasileirão, o Red Bull Bragantino enfrenta o Atlético-GO, fora de casa, no sábado (6), às 19h. No mesmo dia, mas às 16h30, o Juventude recebe o América-MG, em Caxias do Sul.

QUEM FOI BEM: HELINHO

Em seu 100º jogo com a camisa do Red Bull Bragantino, voltou a ser titular e aproveitou a chance dada pelo técnico Maurício Barbieri, marcando o gol da vitória do Massa Bruta.

FOI MAL: MARLON

O volante se atrapalhou ao cortar bola lançada na área e deixou ela livre para Helinho marcar o único gol da partida.

CRONOLOGIA

O primeiro tempo no Nabi Abi Chedid foi de domínio do Red Bull Bragantino. Helinho, aos 26 minutos do primeiro tempo, aproveitou vacilo da zaga do Juventude após lateral lançado na área e mandou para o fundo das redes.

O JOGO DO RED BULL BRAGANTINO

A etapa final foi mais equilibrada, mas o Juventude teve a melhor chance em cobrança de falta de Chico, defendida por Cleiton. O resultado, porém, permaneceu o mesmo: 1 a 0 para o Red Bull Bragantino.

O JOGO DO JUVENTUDE

Demonstrou dificuldade na criação de jogadas. Teve três boas chances: uma saiu dos pés de Pitta, ainda no primeiro tempo, quando ninguém se aproximou do centroavante, e outras em cobrança de falta de Chico e cabeçada de Moraes na etapa final, quando melhorou muito de rendimento. Segue devendo no Brasileirão e, para piorar, é o novo lanterna.

RED BULL BRAGANTINO

Cleiton; Aderlan (Andrés Hurtado), Léo Ortiz, Natan e Luan Cândido; Lucas Evangelista, Raul e Praxedes (Sorriso); Artur (Kevin), Jan Hurtado (Gabriel Novaes) e Helinho (Carlos Eduardo). Técnico: Maurício Barbieri

JUVENTUDE

César; Rodrigo Soares (Moraes), Thalisson Kelven, Paulo Miranda e William Matheus; Jadson (Anderson Leite), Marlon (Chico), Paulo Henrique, Bruno Nazário (Edinho) e Capixaba (Vitor Gabriel); Pitta. Técnico: Umberto Louzer

Local: estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

Cartões amarelos: Léo Ortiz (BGT); Bruno Nazário (JUV)

Gol: Helinho (BGT), aos 26'/1ºT (1-0)