|
  • Bitcoin 151.721
  • Dólar 5,0602
  • Euro 5,2660
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 21/04/2022, 09:13

Bola aérea é 'responsável' por metade dos gols do São Paulo na temporada

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 21 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Pouco depois do empate do São Paulo, em 2 a 2 diante do Juventude no estádio Alfredo Jaconi -em partida válida pela terceira fase da Copa do Brasil-, os jornalistas Marcelo Hazan, Menon e Gabriel Perecini destacaram um ponto positivo no trabalho de Rogério Ceni: a bola aérea. Que, segundo levantamento feito durante a Live do São Paulo, transmitida pelo UOL Esporte após os jogos do time, representa metade dos gols do clube paulista neste ano de 2022.

"O São Paulo tem 41 gols na temporada, se eu não estou enganado, e 20 foram originados de bola aérea. Hoje, o primeiro é assim e se você não contabilizar o segundo de hoje, de pênalti do Reinaldo no finalzinho do jogo, os últimos oito foram em jogadas de bola aérea. Não quer dizer que é bom ou ruim, é apenas um fato. Praticamente metade dos gols do São Paulo neste ano foi de bola aérea. É uma característica do São Paulo na temporada. Se pegar só os gols de bola rolando, tirando os quatro de pênalti desse ano, é mais da metade dos gols que saem assim", analisou Marcelo Hazan.

Para Perecini, isso é uma característica dos trabalhos do técnico Rogério Ceni. "Na época do Fortaleza isso já era muito forte, ele chegou a dar uma entrevista no 'Bem, Amigos' falando disso, que contratou um profissional específico para trabalhar as bolas paradas. O São Paulo mesmo no duelo contra o Fortaleza na Copa do Brasil sofre dois ou três gols dos cinco - que foi 3 a 3 e 2 a 2 -, que é uma característica dos times do Rogério. E eu acho positivo. Acho bom que o São Paulo tenha essa potência, tem jogadores fortes nesse quesito, como o Arboleda, tem bons batedores também. Acho positivo ter esse repertório", acrescentou.

Menon, por fim, falou sobre esse trabalho específico de Ceni e colocou o zagueiro Arboleda como uma peça importante nessa engrenagem. "Ele [Rogério Ceni] falou até mais do que isso durante o programa, que eu também assisti. Ele falou que tinha entrado em contato com um treinador na Europa, na Itália, que era especialista em bola aérea defensiva e ofensiva. Não sei se contratou ou se foi na amizade, mas é verdade... e são três gols do Arboleda nos últimos jogos. Se for para dar tanta força nisso, que eu acho uma jogada importante, talvez ele [Arboleda] se credencie para jogar mais vezes", finalizou.

Não perca! A próxima edição da Live do São Paulo será no sábado (23), logo após a partida contra o Red Bull Bragantino pelo Brasileirão. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do São Paulo no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.