Rio de Janeiro, 2 (AE) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, chegou hoje para acompanhar o Mundial de Clubes, campeonato organizado pela entidade que será realizado no Rio e em São Paulo a partir de quarta-feira.
Sem dar declarações à imprensa, Blatter desembarcou às 10h50 no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), acompanhado do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira - o vôo da Transbrasil, de Orlando, teve escalas em Miami e São Paulo.
Os dois dirigentes têm interesses na competição: o presidente da Fifa pretende promover novas edições do Mundial, possivelmente a cada dois anos - a deste ano tem caráter experimental -, e Teixeira confia no sucesso da prova como forma de obter um trunfo para pleitear a escolha do Brasil como sede da Copa de 2006.
Está prevista para as 19h, no mesmo aeroporto, a chegada da equipe do Manchester United, considerada favorita. Do Galeão, Blatter seguiu para o Hotel Sheraton, na zona sul do Rio, onde ficará hospedado.
O Mundial de Clubes será disputado no Morumbi e no Maracanã por oito clubes: Corinthians, Al Nassr (árábia Saudita)
Raja Casablanca (Marrocos) e Real Madrid (Espanha), os quatro do Grupo A, e Vasco, South Melbourne (Austrália), Necaxa (México) e Manchester United (Inglaterra), que formam o Grupo B.
A final, entre os primeiros colocados de cada grupo, está marcada para o dia 14, às 20h, no Maracanã. O Corinthians joga na quarta-feira contra o Raja Casablanca, no Morumbi, às 21h15. A estréia do Vasco no Mundial é no dia seguinte, contra o South Melbourne, no Maracanã, às 20h45. O centro de Imprensa que vai concentrar as informações do Mundial será inaugurado amanhã.