|
  • Bitcoin 144.629
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 01/05/2022, 18:29

Barcelona supera Mallorca com facilidade e se isola no segundo lugar do Espanhol

PUBLICAÇÃO
domingo, 01 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com tranquilidade, o Barcelona venceu o Mallorca por 2 a 1 pela 34ª rodada do Campeonato Espanhol neste domingo (1º). Jogando no Camp Nou, a equipe catalã marcou com Depay, no primeiro tempo, e Busquets, no começo segundo. Raíllo diminuiu para os visitantes aos 33 da etapa final.

Com o empate do Sevilla por 1 a 1 contra o Cádiz na sexta (29), o Barcelona abre dois pontos para o adversário e se isola na vice-liderança, com 66. Por outro lado, o Mallorca segue ameaçado pelo descenso, no 16º lugar, com 32 pontos, um a mais em relação ao Granada, que abre o Z3.

Os dois times voltam a campo apenas pela 35ª rodada do torneio. Os catalães entram em campo no sábado (7) às 16h, contra o Betis fora de casa. Os Piratas entram em campo no mesmo dia, às 9h, contra o Granada em casa.

O Barcelona mantém a escrita de nunca ter perdido quatro jogos seguidos no Camp Nou em sua história. Esse tabu estava ameaçado, pois o clube acumulava três derrotas seguidas atuando no Camp Nou (duas pelo Espanhol e uma pela Europa Legue).

Os visitantes pouco criaram, entretanto levaram muito perigo na única finalização que tiveram na etapa inicial, Aos 11 minutos, Oliván cruzou da esquerda e achou Fer Niño sozinho na pequena área. Contudo, ele exagerou na força e chutou por cima do gol.

Aos 24 minutos, Alba encontrou um lançamento perfeito para Depay pela esquerda. O atacante venceu a defesa na corrida e entrou na área sozinho para bater para o gol e sair para o abraço.

A equipe da casa criou ao menos duas grandes oportunidades pela esquerda antes abrir o placar. Aubameyang cabeceou e Rico fez uma grande defesa aos quatro minutos. Aos 23, Alba cruzou e Araujo mandou para o fundo da rede, mas esteva impedido e o tento foi invalidado.

O zagueiro já havia ficado sem treinar durante a semana por conta das dores musculares, mas foi para o sacrifício e iniciou a partida. Aos 27 da primeira etapa saiu de campo para a entrada de Eric García. Depois disso, a partida caiu de ritmo nos minutos finais antes do intervalo.

Em mais um lance que começou dos pés de Alba, com um cruzamento da esquerda, Busquets ficou com a sobra na meia-lua. O meio-campista teve tranquilidade para se livrar da marcação e finalizar para anotar o segundo, aos oito minutos do segundo tempo.

O Barcelona voltou a balançar a rede adversária aos 28 da etapa final, mas o árbitro de vídeo invalidou o tento, por impedimento de Depay. Ele tocou de cabeça, dentro da área para Ferrán, que acertou na trave na primeira tentativa e mandou para o gol na sequência.

Sem atuar desde o dia 20 de janeiro, lesionado, o atacante Ansu Fanti voltou a atuar neste domingo. Uma das grandes esperanças do Barcelona -e herdeiro da camisa 10-, Ansu Fati entrou aos 29 minutos etapa final, na vaga de Aubameyang.

Mesmo sem produzir ofensivamente, o time insular conseguiu marcar Raíllo aos 33 do segundo tempo. Em cobrança de falta, Salva Sevilla colocou na área e Raíllo se jogou na bola, desviando de joelho para o fundo do gol.

Precisando de mais um gol para arrancar um empate, o Mallorca tentou sair de seu campo defensivo e rondou mais a área adversária. No entanto, não levou muito perigo ao gol defendido por Ter Stegen.

O lateral direito brasileiro Daniel Alves não foi mal, porém pouco apareceu em campo. Pouco exigido defensivamente, ele até apoiou no campo ofensivo, contudo a equipe catalã optou por atacar pela esquerda e pelo centro. Aplaudido, saiu de campo aos 44 da segunda etapa.