|
  • Bitcoin 151.067
  • Dólar 4,9391
  • Euro 5,2112
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 02/05/2022, 16:47

Bar que barrou família de Jô alega segurança e diz que não quis ofender

PUBLICAÇÃO
segunda-feira, 02 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Tatu Bola Bar, que barrou a esposa, os filhos e amigos do Jô, por estarem usando a camisa do Corinthians, alegou motivos de segurança pelo ocorrido.

Em nota enviada à reportagem, o estabelecimento disse que há dez anos não permite que os clientes frequentem o bar com camisas de time da capital para evitar cenas de violência.

"Para evitar discussões entre torcedores, o Tatu Bola Bar, assim como vários outros bares e restaurantes, há 10 anos, não permite que seus clientes frequentem os estabelecimentos com camisas de times de futebol da capital. Isto porque já tivemos ocorrências de violência entre torcidas antes dessa prática. O espaço conta com aviso na entrada que vale para qualquer tipo de vestimenta que tenha siglas de times de futebol ou das torcidas organizadas destes clubes", diz o comunicado.

Além disso, o 'Tatu Bola' ressaltou que não teve a intenção de ofender as pessoas que foram barradas, e que está tentando contato com Jô e sua família para esclarecer a situação.

Neste domingo (1º), Jô usou suas redes sociais para denunciar o que tinha acontecido e chamou classificou o episódio como lamentável.

"Hoje, no dia do trabalho, enquanto eu estava trabalhando e cumprindo minhas obrigações, minha família, razão de tudo, passou por um momento lamentável. Minha esposa, meus filhos e amigos foram impedidos de entrar para almoçar em um restaurante da rede Tatu Bola. O motivo? Pasmem! Minha esposa e meu filho estavam usando a blusa do time pelo qual eu jogo, pois iriam me assistir logo depois", escreveu Jô.

*

ÍNTEGRA DA NOTA DO TATU BOLA BAR

Para evitar discussões entre torcedores, o Tatu Bola Bar, assim como vários outros bares e restaurantes, há 10 anos, não permite que seus clientes frequentem os estabelecimentos com camisas de times de futebol da capital. Isto porque já tivemos ocorrências de violência entre torcidas antes dessa prática. O espaço conta com aviso na entrada que vale para qualquer tipo de vestimenta que tenha siglas de times de futebol ou das torcidas organizadas destes clubes. O Tatu Bola lamenta o ocorrido e reforça que não teve a intenção de ofender qualquer pessoa ou torcida. A iniciativa é uma questão de maior segurança para todos os clientes. Desejamos que o convívio entre as diversas torcidas volte a ser pacífico e harmonioso. A equipe está tentando contato com Jô e sua família para esclarecer os fatos.