Baixa no Fla, Arrascaeta desfalca Uruguai; Maracanã abrirá para 50 mil no dia 23


Agência Estado
Agência Estado

Depois de se tornar desfalque de última hora do Flamengo para o clássico contra o Botafogo, disputado na noite da última quinta-feira, no Engenhão, onde não pôde atuar por causa de uma entorse no joelho esquerdo, Arrascaeta acabou sendo cortado nesta sexta da pré-lista de convocados pelo técnico Óscar Tabárez para a seleção uruguaia que fará amistosos contra a Hungria, em Budapeste, e a Argentina, em Tel-Aviv (Israel), respectivamente nos próximos dias 15 e 18.

Antes de o meio-campista se lesionar em treino na última quarta-feira, segundo informou o Flamengo apenas no dia seguinte, o clube carioca chegou a solicitar à Associação Uruguaia de Futebol (AUF) a liberação do atleta destas duas próximas partidas da seleção, que ocorrerão em Datas Fifa.



O Flamengo visava preservar Arrascaeta para a final da Copa Libertadores, no dia 23 de novembro, contra o River Plate, em Lima, no Peru, e também alegou inicialmente à AUF que contava com o jogador à disposição para o duelo com o Grêmio, no dia 17, em Porto Alegre, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a lesão no joelho que sofreu, porém, agora ainda não é possível prever quando ele poderá voltar a atuar.

Caso se recupere da lesão no joelho nos próximos dias, Arrascaeta também poderia fazer o seu retorno ao time no clássico com o Vasco, antecipado da 34ª jornada da competição, para o dia 13 (quarta-feira que vem), justamente por causa do envolvimento da equipe na decisão da Libertadores.

Substituído por Vitinho na escalação do time rubro-negro que superou o Botafogo por 1 a 0, no Engenhão, e voltou a abrir oito pontos sobre o vice-líder Palmeiras no Brasileirão, o meia uruguaio é tido como desfalque certo para o duelo diante do Bahia, neste domingo, às 18 horas, no Maracanã, pela 32ª rodada do Brasileirão.

Após a vitória sobre os botafoguenses, o elenco rubro-negro se reapresentou para os treinamentos no final da tarde desta sexta-feira, no Ninho do Urubu, onde Arrascaeta também deu continuidade ao seu tratamento intensivo da lesão no joelho.

MARACANÃ ABERTO PARA DECISÃO - O fato de a decisão da Libertadores acontecer em jogo único em Lima não impedirá a torcida do Flamengo de fazer uma grande festa no Maracanã no dia do confronto com o River. O clube confirmou que o estádio será aberto para um evento batizado de "Final Fun Fest - Libertadores 2019", no qual cerca de 50 mil rubro-negros poderão estar presentes e acompanharão a decisão por meio de dez modernos telões de LED, de 60m2 cada.

Também serão espalhados dentro do Maracanã 14 torres de som de alta qualidade para que os torcedores consigam ter uma experiência parecida com a qual estão acostumados em dia de partidas do Fla no local. E esse aparato tecnológico também servirá para que os flamenguistas possam assistir ao jogo das arquibancadas e não precisem acessar a área do gramado, cujo espaço é normalmente usado em dias de grandes shows no estádio. O fato preservará a condição do campo, que depois da final com o River será utilizado pelo time carioca em duas partidas do Brasileirão: uma no dia 27, contra o Ceará, pela 35ª rodada, e depois na 37ª e penúltima jornada do torneio, diante do Avaí.

Como atrativo extra para os torcedores irem ao Maracanã no dia 23, o evento terá, antes do início da decisão, shows musicais dos artistas Ludmilla, Buchecha, DJ Marlboro e Ivo Meirelles. Mas vale lembrar que o acesso ao estádio não será gratuito. Para poder participar do evento, a torcida terá de comprar ingressos cujo primeiro lote terá preços que variam de R$ 30 (setor norte) a R$ 300 (Maracanã Mais). A venda dos bilhetes começará neste sábado, com prioridade para os sócios-torcedores, por meio do site flamengo.com.br/ingressos, sendo que a comercialização para o público em geral será aberta na próxima terça-feira.

INGRESSOS PARA A FINAL NO PERU - Também nesta sexta-feira, o Flamengo divulgou nota oficial para informar que, devido à mudança de sede da final do dia 23 para o Peru, "a Conmebol, organizadora da Libertadores e responsável pelo processo de venda dos ingressos, cancelou todas as entradas que foram compradas para Flamengo x River Plate, que seria em Santiago, no Chile".

O clube, porém, ressaltou que, como compensação para este inesperado contratempo motivados pelo protestos violentos no Chile, "os torcedores que desejarem comprar novamente um ingresso para a decisão, que agora será em Lima, deverão usar o mesmo código que utilizaram na primeira venda" e também confirmou que "a Conmebol informou que os torcedores que compraram ingresso na primeira venda terão um período exclusivo para comprar sua entrada para o jogo em Lima".

Os códigos utilizados anteriormente para a decisão que estava prevista inicialmente para ocorrer em Lima estão disponíveis em http://mengo.com.br/libertadores. "Ainda não está confirmada a data de abertura e nem o período exclusivo da nova venda de ingressos para a final", informou o clube ao encerrar a sua nota oficial.


Continue lendo


Últimas notícias