Aumenta a procura por ingressos para o GP do Brasil Agência Estado De São Paulo Quem deseja assistir de perto ao Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, de 24 a 26 de março, em São Paulo, deve apressar-se na compra do ingresso. Segundo os promotores do evento, a procura pelo pouco que restou é grande. O autódromo foi dividido em oito setores: A, no início da reta dos boxes, B e M na reta dos boxes, D, no S do Senna, K e E na curva do Sol, e R e G na Reta Oposta. Há ainda três áreas VIP - Interlagos Club, Orange Tree e Premium Paddock Club, além dos Hospitality Centers adquiridos por empresas. Só há lugares disponíveis nos setores K, R e G. Os ingressos podem ser adquiridos pelo telefone 0800-14-2000. O setor K coberto, custa R$ 450,00 os três dias e R$ 350 apenas no domingo, dia da corrida. Nos outros dois, R, coberto, e G, descoberto, existe apenas a opção para os três dias da prova. O R sai por R$ 360,00 e o G por R$ 165,00. Os setores B, E, A, M e D estão esgotados. Para esses três últimos, a partir do dia 23, serão vendidos os ingressos da cota de estudantes diretamente nas bilheterias do autódromo. Algumas agências de turismo estão anunciando a venda de ingressos para a corrida. Esses ingressos também foram adquiridos através do telemarketing do ABN Amro Bank. A compra e informações sobre esse tipo de ingresso podem ser obtidas na empresa LRC Promoções, através do telefone 0800-116830. A presença de Rubens Barrichello na Ferrari levou os promotores a elevar em 10 mil lugares a capacidade do autódromo (agora é de 70 mil).