|
  • Bitcoin 102.490
  • Dólar 5,3317
  • Euro 5,5605
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 29/05/2022, 21:11

Atlético-MG leva susto, mas vira sobre o Avaí e é vice-líder do Brasileiro

PUBLICAÇÃO
domingo, 29 de maio de 2022

LOHANNA LIMA
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Não bastasse a frustração na derrota para o Tolima na Libertadores, o Atlético-MG deu um pequeno susto em seu torcedor diante do Avaí. No entanto, diferentemente do jogo passado, dessa vez o time mineiro conseguiu um final feliz no Mineirão. A equipe entrou em campo fora do G4, saiu atrás no placar, mas conseguiu buscar a vitória diante dos catarinenses por 2 a 1, de virada, neste domingo (29), pela oitava rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Morato marcou para o Avaí, mas Hulk e Sasha deram a vitória à equipe mineira.

O resultado coloca o Atlético na segunda colocação, com 15 pontos. O saldo de gols é o que separa o time alvinegro do Palmeiras, atual líder da competição: o alviverde tem oito contra cinco do time mineiro. As duas equipes terão um confronto direto pela liderança no próximo domingo (05), às 16h (de Brasília), no Allianz Parque.

Já o Avaí joga um dia antes, no sábado (4), contra o São Paulo, na Ressacada, às 19h. A equipe está na 12ª posição com dez pontos. No entanto, o Internacional recebe o Atlético-GO, nesta segunda-feira (30), no complemento da rodada e pode ultrapassar os catarinenses na tabela.

Com posse de bola dominante e um alto número de finalizações, principalmente no primeiro tempo, o Atlético-MG dominou as ações, mas as estatísticas teimavam em não se converter em grandes chances. A melhor oportunidade do elenco mineiro na primeira etapa foi em uma cobrança de falta de Nacho Fernandéz que resultou em uma cabeçada de Sasha na trave aos 24 minutos.

A equipe catarinense não viajou para Belo Horizonte com a intenção de bater de frente com o Atlético_MG. Tanto é que a primeira finalização da equipe ocorreu apenas aos 35 da primeira etapa com Guilherme Bissoli, que chutou à esquerda do goleiro Everson. A estratégia foi a de tentar se aproveitar dos erros do time mineiro para sair no contra-ataque, mas o time encontrava dificuldades para tal.

Na busca pelo erro do Atlético-MG, o Avaí conseguiu abrir o placar. Aos 40 da primeira etapa, o volante Otávio quis recuar para Everson, mas o passe não foi nada bom. Morato se adiantou, roubou a bola e finalizou no canto do goleiro Everson, quando o Atlético estava melhor na partida.

Perdendo o jogo, o Atlético voltou com ainda mais ímpeto para a segunda etapa. A equipe alvinegra seguiu dominando as ações, criando chances, até que Hulk empatou o jogo aos sete. Mariano levantou da direita, ele dominou e bateu colocado no canto alto direito do goleiro Douglas. A persistência do Atlético foi premiada. Aos 20, Sasha mandou no canto direito de Douglas após cobrança de escanteio de Nacho e colocou o time alvinegro à frente no placar.

O goleiro Douglas foi expulso na reta final da partida após cometer falta em Ademir. Sem poder fazer mais substituições, o técnico Eduardo Barroca mandou o lateral direito Kevin para o gol.

ATLÉTICO-MG

Everson; Mariano, Rever, Alonso e Rubens (Guilherme Castilho); Otávio, Jair e Nacho; Ademir (Savinho), Sasha (Guga) e Hulk. T.: Turco Mohamed.

AVAÍ

Douglas; Kevin, Bressan (Rodrigo Freitas), Arthur e Cortez; Raniele, Eduardo (Muriqui) e Jean Cléber; Willian Pottker, Morato (Dentinho) e Bissoli. T.: Eduardo Barroca.

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)

Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Tiago Gomes da Silva (GO)

VAR: Rodrigo Carvalhães de Miranda (RJ)

Cartões amarelos: Jair e Mariano (ATL); Raniele e Eduardo (AVA)

Cartão vermelho: Douglas Friedrich (AVA)

Gols: Morato (AVA), aos 40'/1ºT; Hulk (ATL), aos 7', e Eduardo Sasha (ATL), aos 20'/2ºT.