|
  • Bitcoin 141.421
  • Dólar 4,8152
  • Euro 5,1446
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 05/05/2022, 11:37

Atlético-MG e Cruzeiro devem juntos mais de R$ 2 bi e lideram ranking de dívidas, segundo agência

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 05 de maio de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Os rivais Atlético-MG e Cruzeiro lideram a lista de clubes que possuem as maiores dívidas do futebol brasileiro. Juntos, os dois clubes mineiros devem R$ 2,28 bilhões, segundo análise feita pela 'Sports Value' sobre o faturamento das equipes nacionais em 2021.

A empresa destrinchou os dados dos 20 clubes que mais geraram receita no ano passado. Nesse ranking, o Atlético-MG aparece em quinto, com R$ 501 milhões de receita, enquanto o Cruzeiro é o 16º, com R$ 143,4 milhões de dinheiro recebido.

No entanto, a dupla de times de Minas Gerais está nas primeiras posições na lista sobre as dívidas totais. Com R$ 1,26 bilhão, o Atlético-MG encabeça o ranking, seguido de perto pelo Cruzeiro, que deve R$ 1,2 bi. Os dois aumentaram suas dívidas em 4% e 6%, respectivamente, comparando o valor de 2021 com o de 2020.

Por outro lado, os rivais ocupam posições diferentes na tabela que determina se os times tiveram superávit ou déficit no ano passado. Com base na análise feita pela empresa, o Atlético-MG teve R$ 50 milhões de lucro, ocupando a sexta posição, enquanto o Cruzeiro ficou na lanterna entre os 20 clubes, com um déficit de R$ 113 milhões.

No caso dos dados do Atlético, os valores foram projetados pela Sports Value com base no balancete de seis meses e nas premiações recebidas no segundo semestre de 2021. A empresa deu como justificativa o fato de que balanço geral do Atlético-MG não foi publicado até 30 de abril, conforme os outros clubes.

*

RANKING DE DÍVIDAS

1 - Atlético-MG: R$ 1,26 bilhão

2 - Cruzeiro: R$ 1,02 bilhão

3 - Corinthians: R$ 912 milhões

4 - Internacional: R$ 864,2 milhões

5 - Botafogo: R$ 862,9 milhões

6 - Vasco: R$ 709,8 milhões

7 - Fluminense: R$ 664,2 milhões

8 - São Paulo: R$ 642,5 milhões

9 - Santos: R$ 509,1 milhões

10 - Palmeiras: R$ 434,1 milhões

11 - Flamengo: R$ 428,2 milhões

12 - Grêmio: R$ 401,8 milhões

13 - RB Bragantino: R$ 274,9 milhões

14 - Sport: R$ 230,5 milhões

15 - Bahia: R$ 225,3 milhões

16 - Athletico-PR: R$ 191,4 milhões

17 - América-MG: R$ 91,7 milhões

18 - Fortaleza: R$ 36,2 milhões

19 - Ceará: R$ 31,8 milhões

20 - Atlético-GO: R$ 94,1 milhões