|
  • Bitcoin 120.276
  • Dólar 5,1649
  • Euro 5,2600
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 15/07/2022, 22:21

Atlético-MG acende alerta devido à baixa produção ofensiva

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 15 de julho de 2022

VICTOR MARTINS
AUTOR autor do artigo

menu flutuante

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A Copa do Brasil era um dos objetivos do Atlético-MG na temporada 2022, mas ficou pelo caminho após a derrota por 2 a 0 para o Flamengo, no Maracanã. O atual campeão do torneio nacional não teve força ofensiva na noite desta quarta-feira (13), no Rio de Janeiro, o que resultou na queda precoce, ainda nas oitavas de final. Foi a segunda partida consecutiva no ano que o ataque atleticano passou em branco e nem sequer conseguiu criar chances de gol.

Agora, o clube mineiro vira a chave e se prepara para ir ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo, neste domingo (17), no estádio Nilton Santos, às 18h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro. Abrindo o G4, com 28 pontos, o Atlético-MG busca a vitória para assegurar sua vaga no topo da tabela.

A partida antes da eliminação na Copa do Brasil foi com o São Paulo, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Um empate sem gols no Mineirão, numa noite que o Atlético conseguiu finalizar somente duas vezes à meta defendida pelo goleiro Jandrei. Foi pouco para um dos elencos mais caros do futebol nacional e que entrou na temporada entre os grandes candidatos para brigar por todos os títulos.

O que foi ruim no final de semana ficou ainda pior três dias depois. Se contra o São Paulo foram pelo menos dois arremates no alvo, sem muita dificuldade para as defesas de Jandrei, contra o Flamengo o Atlético não conseguiu finalizar no rumo do gol. Numa partida eliminatória da Copa do Brasil, valendo vaga nas quartas de final e a premiação de R$ 3,9 milhões, o ataque liderado por Hulk não obrigou o goleiro Santos a fazer nenhuma defesa.

Ficar um jogo inteiro sem finalizar não acontecia com o Atlético-MG desde fevereiro de 2020, quando empatou sem gols com a Campinense, pela primeira fase da Copa do Brasil, de acordo com o Footsats. Era um time treinado por Rafael Dudamel, que não tinha à disposição os nomes como Turco Mohamed pode contar atualmente. Há pouco mais de dois anos, por exemplo, o ataque atleticano era formado por Franco Di Santo e Edinho, titulares naquele empate sem gols na Paraíba.

Cerca de três semanas depois, o Atlético iniciou toda a reformulação que resultado na montagem de um novo elenco, financiado pelo empréstimo de mecenas. Desde então, o setor que mais recebeu jogadores foi ataque. Contra o Flamengo, por exemplo, Turco Mohamed usou Hulk, Nacho, Ademir, Keno, Zaracho e Vargas.

O alerta ofensivo chega num momento determinante da temporada. A Copa do Brasil já ficou pelo caminho, mas o Atlético ainda está briga pelo Campeonato Brasileiro, outra competição em que é o campeão vigente, e a tão sonhada Copa Libertadores. O time mineiro é o quarto colocado no Brasileiro, apenas dois pontos atrás do líder Palmeiras, que também é o adversário alvinegro nas quartas de final do torneio continental.

Para não ver outros objetivos ficarem pelo caminho, como aconteceu na Copa do Brasil, certamente o Atlético-MG terá de mostrar boa evolução nas próximas semanas, especialmente no ataque, quase sempre decisivo desde março de 2020.

Para a partida deste domingo, Turco ainda não poderá contar com Dodô, que testou positivo para Covid-19 e cumpre isolamento. Uma possível escalação do Atlético-MG tem: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Igor Rabello), Jair (Zaracho ou Otávio) e Nacho; Ademir, Hulk e Keno (Vargas).

O Botafogo, por sua vez, busca um revés após perder para o América-MG e ser eliminado da Copa do Brasil. No Brasileiro, o time carioca ocupa a décima posição, com 21 pontos, e vem de derrota por 2 a 0 contra o Cuiabá.

O técnico Luís Castro poderá contar com o lateral-direito Saravia e o Atacante Vinicius Lopes, que retornam de suspensão. O volante Oyama, que não atuou pelo time carioca contra o América-MG, também está à disposição. Por outro lado, Victor Sá, Kayque, Diego Gonçalves, Breno, Carlinhos, Rafael, Barreto, Víctor Cuesta e Lucas Piazon seguem no departamento médico. Portanto, uma possível escalação do Botafogo tem: Gatito Fernández; Saravia, Kanu, Hugo e Joel Carli; Daniel Borges, Del Piage, Patrick de Paula, e Lucas Fernandes; Vinicius Lopes, Matheus Nascimento e Erison.

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: Às 18h (de Brasília) deste domingo (17)

Árbitro: Raphael Claus (Fifa/SP)

VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (VAR-Fifa/SP)

Transmissão: SporTV e Premiere