Belo Horizonte - O Atlético-MG busca a reabilitação neste domingo, em Nova Lima, contra o Vila Nova, pelo Campeonato Mineiro. O time do técnico Márcio Araújo estreou na competição com vitória de 3 a 1 sobre o Rio Branco, de Andradas, no Mineirão, no fim de semana passado. Mas vem de goleada de 4 a 0 para o Bolívar, da Bolívia, quarta-feira, em La Paz (Bolívia), pela Taça Libertadores da América.
Araújo, embora prestigiado pela diretoria do clube, que atribuiu a derrota para a equipe boliviana à altitude de 3.600 metros, quer a vitória para manter o emprego e volta a escalar o Atlético com três atacantes: Ramon, autor dos 3 gols contra o Rio Branco, Marques e Guilherme, artilheiro do Brasileiro de 1999 com 28 gols. O único desfalque do time é o zagueiro Cláudio Caçapa, que apresenta-se à seleção brasileira, na vaga de Roque Júnior.
Já o técnico do Vila, Osmar Guarneli, cobra da equipe, pelo menos, o mesmo desempenho do empate do meio de semana, por 1 a 1, com o América, em partida isolada do Estadual. O goleiro Cláudio, vice-campeão mineiro com o clube em 1997, fraturou a mão e é a ausência entre os titulares. Ele será substituído por Marcelo.
A segunda rodada do octogonal do Mineiro, que começa hoje com Cruzeiro x URT, terá também, amanhã à tarde, o América enfrentando o Rio Branco, em Andradas. Os atacantes Palhinha e Zé Afonso estão confirmados e prometem atuação melhor que no meio da semana, no empate dentro de casa com o Vila. No interior
jogam Democrata e Ipatinga, em Governador Valadares. Fim/evaldo