|
  • Bitcoin 125.848
  • Dólar 5,0741
  • Euro 5,2058
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 16/07/2022, 18:39

Athletico e Inter não saem do zero e perdem chance de assumir liderança

PUBLICAÇÃO
sábado, 16 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - Athletico-PR e Inter tentaram, mas não houve vencedor no jogo deste sábado (16), em Curitiba, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o empate sem gols, ambos os times desperdiçaram a chance de assumir a liderança provisória do Brasileirão.

O placar de 0 a 0 persistiu mesmo com duas bolas na trave em favor do time gaúcho e gol de Terans, anulado pelo árbitro catarinense Ramon Abatti Abel que viu desvio com a mão.

Os dois times trocaram poucos passes na Arena da Baixada e apostaram nos lançamentos longos para levar perigo ao adversário. A tática proporcionou um jogo franco.

No primeiro tempo, pelo Inter, Pedro Henrique acertou a trave esquerda e mais tarde foi Carlos de Pena quem parou na baliza. O time gaúcho também conseguiu cavar escanteios. Antes do intervalo foram cinco cobranças de canto, batendo a média de escanteios do time no campeonato em apenas 45 minutos.

Já o Furacão criou duas boas chances com bola longa e ajuda da defesa colorada. No primeiro lance, Vitão errou. No segundo, a defesa inteira vacilou e faltou precisão ao Athletico para marcar. Erick chutou em cima do goleiro Daniel, mesmo dentro da área.

O resultado leva o Athletico a 28 pontos, um a menos que o Inter. O Corinthians, segundo colocado, tem os mesmos 29, mas joga contra o Ceará neste sábado, em Fortaleza. O Palmeiras entra em campo na segunda-feira (18), contra o Cuiabá, e pode disparar na ponta com a chance de bater 33 pontos.

O Inter segue em terceiro na tabela e o Athletico vem logo atrás, em quarto. Mas ambos podem ser ultrapassados, ao longo da rodada, por Atlético-MG (28 pontos) e Fluminense (27).

*

ATHLETICO

Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nicolás Hernández, Abner; Hugo Moura e Erick; Canobio (Vitor Roque), Terans (Rômulo) e Cuello (Pedrinho); Pablo (Vitor Bueno). T.: Luiz Felipe Scolari

INTER

Daniel; Heitor, Vitão, Kaique Rocha e Moisés; Gabriel, Carlos de Pena (Caio Vidal), Edenilson (Lucas Ramos), Pedro Henrique (David) e Mauricio (Johnny); Alemão (Wesley Moraes). T.: Mano Menezes

Estádio: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Horário: Às 16h30 (de Brasília) deste sábado (16)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)

Auxiliares: Marcelo Van Gasse (SP) e Éder Alexandre (SC)

VAR: Emerson de Almeida Ferreira (MG)

Cartões amarelos: Pedrinho (CAP); Carlos de Pena, Kaique Rocha (INT)