|
  • Bitcoin 144.761
  • Dólar 4,8801
  • Euro 5,1549
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 24/03/2022, 11:58

Ashleigh Barty não descarta tentar outro esporte após deixar o tênis

PUBLICAÇÃO
quinta-feira, 24 de março de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A australiana Ashleigh Barty, 25, disse não ter nenhuma razão escondida para ter resolvido abandonar a carreira. A tenista número 1 do mundo pelo ranking da WTA anunciou a decisão na última quarta-feira (22, pelo horário de Brasília), mas deixou aberta a possibilidade de tentar outro esporte no futuro.

"Vocês precisam ter paciência", disse, quando questionada sobre praticar outra modalidade. "Tenho visto algumas montagens brilhantes de fotos minhas como jóquei, jogando bocha. Vi um pouco de tudo."

Vencedora de três torneios de Grand Slam e líder do ranking desde 2019, ela conquistou o Aberto da Austrália em janeiro, diante de sua torcida. Considerou este o encerramento perfeito para sua trajetória no tênis.

Ela já vinha discutindo o assunto com pessoas próximas nos últimos meses, confessou.

Depois do anúncio da aposentadoria que surpreendeu o mundo do esporte, as razões para a decisão começaram a ser especuladas. Barty havia afirmado ter dado tudo o que tinha em quadra, mas se sentia exausta e disposta a começar uma nova vida. Ela confirmou isso na entrevista desta quinta-feira (24).

"Eu sou um livro aberto. Não estou escondendo nada e não tenho segredos. Gostei de cada segundo [no tênis]. Foi muito divertido", disse.

"Muitas coisas diferentes aconteceram na minha vida e mudaram minha perspectiva. Tempo é tudo e acredito nisso. Não tenho arrependimentos. Tinha esse desafio lindo de jogar e ganhar o Aberto da Austrália. Não há tempo ou situação perfeitos mas foi um grande final", finalizou.