|
  • Bitcoin 120.926
  • Dólar 5,0919
  • Euro 5,2455
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 29/07/2022, 23:04

Após vitória, Vasco entra em campo com pressão por novo técnico aliviada

PUBLICAÇÃO
sexta-feira, 29 de julho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Entre os festejos pela goleada sobre o CRB, pela Série B do Brasileiro, na noite desta quinta-feira (28), a torcida do Vasco gritou "fica, Emílio", para o interino Emílio Faro. A atuação e a vitória aliviaram a pressão em um elenco que não vencia há três partidas e dão um breve lastro a uma diretoria que ainda analisa o mercado em uma busca de um novo treinador.

O time cruzmaltino se prepara para entrar em campo novamente neste domingo (31), contra a Chapecoense, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 22ª rodada. O time será novamente comandado pelo auxiliar, e terá como novidade o atacante Alex Teixeira, que fará sua estreia após ter sido regularizado durante a semana.

Internamente, em oportunidade anterior, Faro não demonstrou intenção em ser efetivado. Em entrevista coletiva nesta quinta, após a partida, desconversou sobre uma possível permanência.

"É uma situação muito voltada para o melhor do Vasco. Sei que eu vou estar dentro do contexto para fazer aquilo que me for solicitado. Não vai faltar esforço para ajudar o Vasco no acesso à Série A. Em que contexto? Não sei", disse.

O fato é que o rito da SAF está avançando no clube cruzmaltino e a concretização do acordo com a 777 Partners se aproxima, o que faz o momento atual ganhar ares de transição.

Após a saída de Zé Ricardo, que aceitou proposta do Shimizu S-Pulse, do Japão, a cúpula se viu na encruzilhada de não poder oferecer um acordo muito longo devido aos trâmites para a SAF e ter de fazer um investimento dentro da realidade financeira do clube, mas a passagem de Maurício Souza, que teve a primeira experiência no profissional, não se tornou positiva.

Até aqui, Emílio Faro esteve à frente do time em três oportunidades, contra Náutico, Cruzeiro e CRB, obtendo 100% de aproveitamento.

Após o duelo com o CRB, Andrey fez elogios a Emílio e admitiu que, sob o comando de Mauricinho, a equipe havia se afastado um pouco do DNA desenhado no início da competição.

"O Emílio não tem o que dizer dele. Baita profissional. Não só no profissional, ele é um amigo, está próximo da gente, nos apoiando, dando incentivo. Não tenho o que dizer. O mais importante é estarmos focados dentro de campo. O que eu sei é que Emílio estando à frente ou outro chegando, nosso objetivo continua o mesmo. É continuar focado e trabalhar cada vez mais em busca do acesso", apontou.

"Infelizmente, com o Mauricio, perdemos um pouquinho desse DNA da competição. O Mauricio mesmo já vinha cobrando, mas, infelizmente, as coisas não estavam dando certo. Graças a Deus, hoje deu tudo certo e voltamos a ser aquele Vasco que compete e se entrega", completou.

No atual momento, dois nomes despontam como favoritos: Guto Ferreira e Odair Hellmann. A 777 Partners, que está próxima de assumir a SAF do clube, tem sido consultada e dado sua opinião, mas a decisão final será dos atuais dirigentes cruzmaltinos.

Ex-Internacional e Fluminense, Odair estava no Al Wasl, dos Emirados Árabes, onde se desligou há cerca de um mês. O treinador é visto como o perfil ideal para comandar o elenco vascaíno e também foi bem avaliado por Paulo Bracks, que tem sido uma espécie de consultor da 777.

Guto Ferreira, que estava no Bahia, é visto como um "plano B" e, ao seu favor, conta o fato de estar disposto a assumir esta missão. Ele já havia sido especulado anteriormente no clube.

No confronto contra a equipe de Maceió, a base acabou mostrando força em um momento importante. Andrey foi autor de dois gols e Eguinaldo, destaque do sub-20, balançou a rede pela primeira vez no elenco principal. Marlon, que entrou no segundo tempo, também foi lembrado por Emílio Faro:

"O Vasco sempre foi uma potência na base. Podemos enumerar e vai faltar página no livro. Estamos com uma leva que já vinha atuando no profissional e agora incorporamos o Marlon e o Eguinaldo. Com certeza a torcida vai ter muita alegria com esses atletas".

Além de Alex Teixeira, o Vasco deve contar com Zé Gabriel entre os relacionados, após cumprir suspensão na última rodada. Portanto, uma possível escalação inicial do time cruzmaltino tem: Thiago Rodrigues; Léo Matos (Gabriel Dias) e Quintero; Anderson Conceição e Edimar; Yuri Lara; Andrey dos Santos e Nenê; Figueiredo, Raniel e Alex Teixeira (Gabriel Pec).

A Chapecoense, por sua vez, não poderá contar com o volante Marcelo Santos, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita. Ele se junta a Betinho, Marcelo Freitas, Derek, Pablo Oliveira, Frazan e Orejuela no departamento médico. Uma possível escalação do técnico Marcelo Cabo tem: Saulo; Ronei, Léo, Victor Ramos e Fernando; Maílton, Luizinho, Matheus Bianqui e Felipe Ferreira; Chrystian e Perotti.

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: Às 16h (de Brasília) deste domingo (31)

Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)

VAR: Vinicius Furlan (SP)

Transmissão: TV Globo, SporTV e Premiere