|
  • Bitcoin 99.678
  • Dólar 5,1997
  • Euro 5,4486
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 12/06/2022, 18:42

Após saída de Dorival, Ceará arranca empate com Goiás fora de casa

PUBLICAÇÃO
domingo, 12 de junho de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

MACEIÓ, AL (UOL/FOLHAPRESS) - Goiás e Ceará empataram em 1 a 1 no primeiro jogo da equipe nordestina sem o comando do técnico Dorival Júnior na tarde deste domingo (12), no Estádio da Serrinha, em Goiânia, pela 11ª rodada do Brasileirão. Mendoza marcou para o Vozão enquanto Pedro Raul igualou para os donos da casa.

O dono dos últimos quatro gols do Ceará na competição brilhou mais uma vez diante do Goiás. Mendoza marcou o 16º gol na temporada e o 7º apenas no Brasileirão, uma média de quase 1 gol por jogo. Fora de casa tem mostrado que sua velocidade no ataque faz toda diferença.

O técnico Dorival Júnior deixou a equipe cearense para treinar o Flamengo nesta semana, mas parece ter construído uma base sólida para a caminhada na temporada, enquanto ainda tenta imprimir seu estilo na equipe carioca.

O Goiás não se encontrou no jogo e muito menos teve grande chance de sair com a vitória. Levando pressão do começo ao fim, especificamente na intermediária, Caio Vinicius e Matheus Sales não deram conta de segurar a troca de passes de Mendoza, Cléber e Vina.

Na segunda etapa, fez mudanças e abandonou o esquema com três zagueiros para ganhar mais um homem no meio de campo e ganhou intensidade. Aos 37' do segundo tempo, Maguinho (Goiás) foi atingido pelo cotovelo de Bruno Pacheco (Ceará) em disputa aérea na grande área. O jogador do time goiano saiu do impacto com um corte na cabeça, e o defensor do Vôzão levou cartão vermelho direto.

O artilheiro do Goiás, Pedro Raul, não desperdiçou o pênalti. Foi o sexto gol dele no Brasileirão.

Com o resultado, as Ceará e Goiás permanecem na mesma posição nas quais começaram a rodada, em 12º e 13º respectivamente, ambos com 14 pontos somados. Na próxima rodada, o Esmeraldino recebe o Internacional nesta quarta (15), e o Vôzão joga em casa contra o Atlético-MG no mesmo dia.

GOIÁS

Tadeu; Sidnei (Fellipe Bastos), Caetano, Reynaldo; Maguinho, Caio (Luan Dias), Matheus Sales, Elvis (Renato Junior), Danilo Barcelos; Vinicius (Pedro Junqueira) e Pedro Raul. T.: Jair Ventura.

CEARÁ

João Ricardo; Michel, Messias, Gabriel Lacerda, Bruno Pacheco; Richard Coelho, Richardson (Geovane), Fernando Sobral (Victor Luis); Vina, Mendoza e Cléber. T.: Pedro Sotero.

Estádio: Serrinha, em Goiânia (GO)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ)

Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Michael Correia (RJ)

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)

Cartões amarelos: Sidnei, Maguinho, Caio, Reynaldo, Fellipe Bastos, Elvis(GOI); Richardson, João Ricardo (CEA)

Cartões vermelhos: Bruno Pacheco (CEA)

Gols: Mendoza (CEA), aos 8 do 1º T; Pedro Raul (GOI), aos 39 do 2º T