|
  • Bitcoin 146.657
  • Dólar 4,7929
  • Euro 5,1180
Londrina

Esporte

m de leitura Atualizado em 03/04/2022, 18:53

Após conquista do Paulistão, Dudu celebra trajetória no Palmeiras

PUBLICAÇÃO
domingo, 03 de abril de 2022


AUTOR autor do artigo

menu flutuante

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com um currículo invejável no Palmeiras, o atacante Dudu celebrou na tarde deste domingo (3) seu oitavo título pelo clube alviverde. Logo após a goleada por 4 a 0 ante o São Paulo e uma ótima atuação em campo, o ídolo palmeirense ressaltou que seu carinho pelo Verdão permaneceu mesmo enquanto atuou por quase um ano no Qatar, no Al-Duhail, entre 2020 e 2021.

"Fico muito orgulhoso, muito satisfeito do que estamos vivendo no Palmeiras. Tive um pequeno tempo no Qatar, mas meu coração sempre estava aqui no Palmeiras. As pessoas sabem disso. Fico muito feliz pelo que tenho conquistado, uma história bonita aqui no Palmeiras", disse Dudu.

Para o atleta de 30 anos, a vantagem são-paulina de dois gols de diferença, conquistada no jogo de ida no Morumbi, nunca foi motivo de descrença dos palmeirenses na virada e no título, como de fato ocorreu no Allianz Parque.

"A gente acreditou, a gente sabia que tinha condição de reverter esse resultado. Nossa equipe dentro do Allianz é muito forte. A gente cria muito, aplica muita velocidade no jogo. Sabíamos que, com essa nossa intensidade, eles em algum momento não iam aguentar", avaliou o camisa 7, que ainda agradeceu aos torcedores pelo apoio mesmo com o revés na partida de ida.

Por fim, o atacante celebrou os anos vitoriosos do clube desde 2015: "A gente merece, a gente trabalha, faz um grande trabalho aqui. Estamos de parabéns por tudo que fizemos desde 2015 para cá."

Pelo clube, Dudu soma dois títulos da Libertadores, dois do Brasileirão, dois do Paulistão, uma Copa do Brasil e uma Recopa Sul-Americana.

Após o título estadual, o Verdão começa a trajetória pelo tricampeonato consecutivo na Libertadores na quarta-feira (6), diante do Deportivo Táchira, pelo Grupo A, às 21h (horário de Brasília), em Pueblo Novo, na Venezuela.